Rami: «Ajudei o Boavista, mas o clube também me ajudou muito»

Defesa-central emocionado após a conquista da permanência por parte dos axadrezados

• Foto: José Gageiro/Movephoto
Após o final do encontro em que o Boavista assegurou a permanência na Liga NOS, Rami não escondeu a emoção e, em lágrimas, mostrou-se muito agradecido ao clube pela aposta feita em si.

"Tenho a sorte de já ter sido campeão do mundo e de ter vencido a Liga Europa. Não sou português nem do Boavista, mas conheci o clube e o coração que os adeptos têm. Foi um ano complicado para mim, vim de um ano sem jogar e tive muitas lesões, mas o senhor Luís Campos mostrou muita confiança em mim. Felizmente consegui ajudar a equipa, mas o Boavista também me ajudou muito a mim. Agradeço ao Luís Campos, ao Boavista e à minha família", referiu o experiente jogador.

Na presente temporada, o internacional francês, de 35 anos, alinhou em 22 encontros.
Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Boavista

Ibrahima marca terreno

O médio da Guiné Conacri foi pela primeira vez titular no Boavista e conseguiu logo marcar uma posição de força em relação à concorrência

Notícias

Notícias Mais Vistas