Vítor Murta e a redução de clubes: «Estes assuntos têm de ser discutidos pela base e não começar pelo telhado»

Presidente do Boavista considera que há muita coisa a mudar antes e fala de uma "divisão equitativa das receitas"

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Vítor Murta considerou esta terça-feira, à margem da inauguração do lar da formação do Boavista, agora denominado "Habitat da Pantera", que uma decisão sobre a redução de clubes na Liga NOS não pode ser tomada de ânimo leve.

"Neste tipo de situações, estes assuntos têm de ser discutidos pela base, pelos alicerces. Há muita coisa que tem de mudar no futebol português antes de chegarmos a essa solução e não podemos começar pelo telhado", vincou o líder axadrezado, acrescentando: "Ainda não recebemos essa proposta, mas antes disso temos que pensar em coisas muito mais importantes do que isso, como por exemplo fazer com que que exista uma divisão equitativa das receitas. Neste momento, já todos sabemos que existe uma grande 'décalage' entre o Boavista e outros clubes da dimensão do Boavista, em relação a outros clubes e que todos conhecem. As receitas são díspares em relação a outros clubes que se têm aproveitado de outras fontes de receitas, que o Boavista não tem neste momento. O mais importante não é começar pelo telhado, é pela base e a base é tornar as receitas mais equitativas. Compreendemos que as equipas que estão na Europa tenham de ser salvaguardadas, o Boavista também já lá esteve e quer voltar a estar, mas primeiro há que discutir muitos outros assuntos."

"Além de tudo o mais, os clubes têm contratos para cumprir e já todos sabemos que a nossa principal fonte, ainda por cima nesta fase, são as transmissões televisivas", juntou ainda Vítor Murta.

O presidente dos axadrezados manifestou ainda a sua total confiança na permanência do Boavista na Liga NOS. O clube axadrezado está em 15.º com 25 pontos e está na luta neste momento para fugir aos lugares perigosos da tabela. 

Vítor Murta registou que a ação do investidor Gerard López não está "dependente" do clube continuar ou não no principal escalão do futebol português e mostrou forte convicção: "Tenho a certeza que vamos continuar na Primeira Liga!"

Por António Mendes
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.