Candidatos deixam tudo na mesma

A luta do título continua apertada

• Foto: Paulo Calado

O clássico Benfica-FC Porto (1-1) deixou tudo igual na classificação – continuam separados por um ponto quando faltam ainda sete jornadas para o termo do campeonato. E é precisamente no que falta jogar que se decidirá quem levará o cetro de campeão para o seu museu, com olhos postos nas deslocações que águias e dragões ainda têm pela frente. O Benfica visitará Moreirense, Sporting, Rio Ave e Boavista; o FC Porto jogará em Braga, Chaves, Funchal (Marítimo) e Moreira de Cónegos.

Na Luz, o Benfica fez mais pela vitória - marcou logo aos 7’ e voltou a mandar no jogo depois do empate portista – mas no final quem venceu foram… Casillas e Maxi Pereira. O guarda-redes espanhol voltou a sair como a figura na Luz, último (e decisivo) obstáculo ao ataque encarnado; o uruguaio fez o 1-1, calou a plateia que agora o assobia depois de ter trocado o Benfica pelo rival FC Porto e foi o mais saudado pelos colegas após o apito final.

Quem tirou maior partido do empate no clássico foi o Sporting (virou o jogo em Arouca), reduzindo para oito pontos a vantagem do líder. Já a luta pelo 4º lugar está ao rubro, com Sp. Braga (empatou com o Marítimo 3-3, depois de estar a vencer 3-0) e V. Guimarães igualados pontualmente.

Na cauda, o Estoril foi o único a ganhar e aliviou a pressão, aproximando-se de Arouca e P. Ferreira. Já Nacional (venceu um dos últimos 21 jogos) e Tondela (ganhou um dos últimos 16) continuam a marcar passo na zona vermelha e cada vez mais perto da meta.

Por Paulo Quental
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Bwin

Notícias

Notícias Mais Vistas