Jogo da mala: incentivos a terceiros são proibidos pelos regulamentos

Denúncias feitas por responsáveis e comentadores do Benfica

• Foto: Vítor Chi

O pagamento de incentivos por um clube a outro de forma a dar motivação extra no sentido de obter um resultado positivo é proibido pela Liga.

O Regulamento Disciplinar do organismo, no artigo 84, explica que "o clube que, por si ou por interposta pessoa, oferecer, prometer ou entregar dinheiro ou qualquer outra vantagem patrimonial ou não patrimonial a um terceiro clube, sem que lhe seja devido, com vista à obtenção de um resultado positivo por parte deste num jogo oficial, assim como este terceiro clube, serão punidos com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 125 UC e o máximo de 250 UC" - de 12.750 a 25.500 euros.

Nos últimos dias, algumas pessoas ligadas ao Benfica denunciaram a oferta de incentivos a adversários das águias. Pedro Guerra, diretor da BTV e comentador da TVI, garantiu na segunda-feira que o V. Guimarães tinha um prémio de 350 mil euros caso evitasse a derrota na Luz.

Dias antes, através do Twitter, o diretor de comunicação João Gabriel tinha insinuado o mesmo, recorrendo à expressão "jogo da mala". "O jogo da mala segue para a Madeira. Contra tudo e contra todos", afirmou o responsável das águias no Twitter.

Por Sérgio Krithinas
90
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Liga Bwin

João Correia preocupa

Avançado é um dos mais utilizados nos flavienses e a sua eventual indisponibilidade pode levar a que Habib Sylla volte a ser titular

Notícias

Notícias Mais Vistas