«Sp. Braga quer ser campeão e eu também queria ir para o Real Madrid mas não me querem»

Manuel José aborda ambições dos bracarenses e avalia reta final do campeonato

• Foto: José Reis / Movephoto

Manuel José afirmou esta terça-feira que há que "continuar a desconfiar porque as coisas ainda não estão resolvidas" na luta pelo título nacional. À Rádio Renascença, o treinador sublinhou o percurso recente de Benfica e FC Porto e recordou que foi despedido do Benfica em Vila do Conde, terreno que os encarnados vão visitar na penúltima jornada da Liga NOS.   

"Temos que temos que continuar a desconfiar porque as coisas ainda não estão resolvidas. O Benfica ganhou no Dragão ao Porto, e logo a seguir entregou de bandeja dois pontos ao Belenenses e dois pontos ao FC Porto. Portanto, não parece que as coisas já estejam resolvidas. O FC Porto empatou em Vila do Conde depois de estar a ganhar 2-0 até os 85 minutos e depois ofereceu dois pontos ao Rio Ave e ao Benfica também. O Rio Ave é uma boa equipa, nos últimos jogos tem subido, tem vindo a crescer. Fui despedido do Benfica em Vila do Conde, onde perdemos 3-1 e eu espero que a história não se repita", afirmou
Manuel José, avaliando também as ambições do Sp. Braga.

"Essa história do Braga querer ser campeão... Eu também queria ir para o Real Madrid mas eles não me querem, até porque já estou reformado. Para isso é preciso ter estatuto, acima de tudo estatura mental. É preciso ganhar o hábito de conviver com a enorme pressão que se exerce sobre a equipa, sobre os jogadores, é preciso querer ganhar todos os jogos. O plantel do Sporting de Braga ainda não tem essa estatura mental. Com os grandes, o Braga só ganhou um jogo, ao Sporting, e numa fase má do Sporting. E, se fosse hoje, provavelmente não ganharia", acrescentou.

10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga Bwin

Notícias

Notícias Mais Vistas