Canário imparável com poder de fogo

Triunfo (7-2) em Coimbra acentua estatuto de melhor ataque, com uma média de 3 golos por jogo

• Foto: Bruno Teixeira Pires

O Estoril respondeu de forma surpreendente à goleada sofrida em casa na jornada anterior. Depois do desaire (1-4) na receção ao Mafra, os canarinhos deslocaram-se a Coimbra e golearam a Académica, por 7-2, no jogo com mais golos na atual edição da 2ª Liga.

Com os sete marcados à Briosa, a equipa de Luís Freire confirmou a tendência de acertar nas redes em todos os jogos e chegou aos 18 no campeonato, ficando com uma média de 3 golos por jogo. Aliás, marcar tem sido mesmo a imagem principal do renovado Estoril pois também festejou nos dois encontros disputados na Allianz Cup e na Taça de Portugal.

A equipa da Linha confirma-se como o melhor ataque da prova, capaz de marcar frente a todos os adversários e em qualquer campo. Em Coimbra confirmou também a tendência de vencer os jogos fora esta época – ganhou nas quatro deslocações – faltando agora responder da mesma forma na Amoreira. Esse é o desafio imediato do plantel porque depois do 4-0 ao FC Porto B, na estreia, o Estoril não mais voltou a vencer no António Coimbra da Mota, levando já três derrotas seguidas: Leixões e Mafra, na 2ª Liga, e Feirense, na Allianz Cup.

Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas