Ivo Vieira e a derrota frente ao Portimonense: «Um soco no estômago»

Treinador do Famalicão diz assumir a responsabilidade das suas decisões

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

Ivo Vieira estreou-se este domingo a perder no comando técnico do Famalicão ao sair derrotado no duelo com Portimonense, por 0-1, em casa, e no final do enconto falou mesmo num "soco no estômago"

"Defrontámos um adversário que é uma equipa atlética, forte nos duelos aéreos, que faz ligação direta com o seu ponta-de-lança. Conseguimos controlar, exceto nos momentos em que procuravam a profundidade. Chegaram ao golo num lance fortuito, um ressalto. Com as substituições, tentei dar mais largura ao jogo e colocar mais homens na área. Estamos na luta e vamos continuar o nosso caminho", afirmou o técnico no final do encontro.

E prosseguiu: "Estávamos preparados para se o Portimonense jogasse no ataque quer com o Anzai quer com o Fali Candé. Não fomos felizes. Tivemos uma quebra. Um soco no estômago. Quinta-feira temos mais uma batalha. Não me quero refugiar. Temos de falar com aquilo que são factos. Os jogadores do Famalicão vão ganhar maturidade com o tempo. Fomos um pouco precipitados na parte final porque não temos características para jogar com um jogo direto. Eu assumo a responsabilidade pelas minhas decisões".

"Quanto mais a equipa jogar bem, mais perto estará de ganhar. Não vou pedir para os jogadores para bater a bola na frente ao primeiro erro".

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Famalicão

Notícias