Alex Telles: «Vamos em busca de recuperar o que é nosso»

Lateral frisou a ambição coletiva no lançamento da nova época

• Foto: Movephoto

Ambição tem sido a palavra mais repetida no Olival por estes dias, mais precisamente desde que arrancaram os trabalhos do FC Porto com vista à nova temporada. Desta vez, foi Alex Telles quem assumiu o papel de porta-voz da vontade coletiva de fazer uma campanha melhor do que a anterior, especialmente no que diz respeito a títulos.

O lateral-esquerdo falou ao Porto Canal e lançou as bases para a época que se avizinha, reiterando o desejo de recuperar o campeonato já manifestado por Corona e Óliver Torres.

"O que construímos na ultima época foi positivo, mas seria perfeito com títulos. Faltou algo mas esta época não pode faltar. Estamos focados desde o primeiro dia. O mister e o staff estão muito ambiciosos e nós também. Queremos melhorar o ritmo e vamos em busca de recuperar o que é nosso", referiu o defesa, convicto de que não tarda todo o grupo estará no auge das suas capacidades.

"Toda a pré-época convém ser intensa. Os primeiros dias são de adaptação, mas temos de trabalhar para voltar ao ritmo em que estávamos antes. É normal que se sintam dores musculares, cansaço a mais, mas para a semana já conseguiremos entrar no ritmo da época passada e melhor para em agosto estarmos a 100 por cento", assegurou, garantindo ainda estar pronto para o arranque oficial, que deve acontecer em meados de agosto.

"É normal ter jogos assim no início, acho que para equipas como o FC Porto, que é um gigante mundial,  é preciso estar preparado e disposto e nós de certeza que vamos estar. Independentemente do adversário. Estaremos a 100 ou a 110%", frisou.

Com as saídas de Herrera, Felipe e Brahimi, Alex Telles passou a ser um dos jogadores mais antigos do plantel, reforçando o estatuto de indispensável com que já vinha sendo encarado por toda a estrutura. Um papel com o qual o lateral assumiu ficar satisfeito, até pela preponderância que isso lhe confere na integração dos jovens que transitaram quer dos sub-19, quer da equipa B.

"É um cenário muito positivo. Os miúdos que subiram mostram que têm muitra qualidade, que o mister confia no trabalho de cada um deles. Eu sinto responsabilidades por ser a quarta época e por poder agregar esses novos jogadores, de forma a ajudá-lo a entrarem com o espírito do que é jogar no FC Porto em cada treino e em cada jogo. Tenho uma responsabilidade grande, mas cada um tem a sua parte", apontou.




Por Pedro Morais
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas