Bruno Costa: «Tornei-me um jogador melhor»

Assinou até 2024 e não tem dúvidas que a experiência obtida fora foi decisiva para voltar mais forte

• Foto: FC Porto

Depois de uma época e meia a representar Portimonense e P. Ferreira, Bruno Costa viu confirmado o seu regresso ao FC Porto, com quem assinou um contrato válido até 2024. Acertados os detalhes que impediram a sua integração nos trabalhos do plantel na passada sexta-feira, juntamente com os seus companheiros, o médio, de 24 anos, já vestiu a camisola dos dragões, treinou e falou sobre o desejado e emotivo retorno a casa. Um momento especial e que muito se ficou a dever à qualidade que apresentou no período em que esteve fora.

“Quando saí do FC Porto foi como quando saí de casa dos meus pais. Tive de fazer as malas, arrumar tudo e procurar uma nova casa. Foi esse o meu sentimento. Fui à procura de evoluir, de conseguir crescer em vários aspetos do meu jogo, e penso que o ano passado, principalmente, foi bastante positivo e ajudou-me em bastantes aspetos. Estou muito feliz por me ter tornado num homem e num jogador melhor, capaz de voltar ao FC Porto”, começou por revelar em declarações aos meios de informação do clube.

Bruno Costa sente que cresceu bastante nas experiências que teve em Portimão e P. Ferreira, não só no aspeto desportivo como também pessoal. Uma série de passos que se revelaram decisivos para se tornar mais forte. “A nível pessoal é um Bruno Costa que já é pai, com muito mais responsabilidades, e também porque me vou casar. A minha vida está a dar passos interessantes e esses dois aspetos são muito importantes para a minha vida. Profissionalmente consegui evoluir em aspetos que sabia que precisava de evoluir, principalmente o defensivo. Esta última época serviu para aumentar a minha confiança e melhorar algumas coisas que não estavam tão bem”, assumiu.

De volta ao Dragão, o médio promete que vai “dar sempre o máximo, com muita ambição”. “Sei muito bem o que é ser Porto e prometo fazer isso todos os dias que aqui estiver”, vincou Bruno Costa, que se tornou no terceiro reforço para a nova época, depois de Pepê (ex-Grémio Porto Alegre) e Fábio Cardoso (ex-Santa Clara).

Regresso a casa com “confiança, alegria e ambição”

Bruno Costa chegou pela primeira vez ao FC Porto em 2009 e por isso sente que o clube “é como uma segunda casa”. Sendo assim, neste regresso, o médio garante que chega com uma “tremenda alegria, confiança, ambição e muita vontade de honrar as cores” do clube. Revisitando rapidamente o seu passado no FC Porto, recorda um momento em especial. “O jogo em que me estreei pela equipa principal, em Anfield. Era um sonho de menino, poder vestir esta camisola e jogar pela equipa principal do meu clube. Quando se tornou realidade senti um orgulho imenso”, lembrou Bruno Costa, não esquecendo também a conquista do título nacional.

Por Rui Sousa e André Monteiro
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas