Caso Brahimi chega ao TAD

Em causa o castigo aplicado ao argelino

• Foto: Simão Freitas

O FC Porto vai fazer uma exposição ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) sobre o caso Brahimi. Mais do que o castigo propriamente dito, os dragões ficaram insatisfeitos com "a forma como o processo foi conduzido" por parte do Conselho de Disciplina (CD) da FPF.

Na newsletter ‘Dragões Diário’ de ontem, os azuis e brancos dizem que o CD "acreditou na versão do mentiroso Tiago Antunes [4º árbitro da partida com o Sp. Braga]", apesar da inexistência de "imagens que atestassem a veracidade do que alegou" o juiz e dos "testemunhos de um ex-capitão da Seleção Nacional, como João Pinto, e um médico com uma longa e idónea carreira, como Nélson Puga". No texto lê-se ainda que os árbitros "sabem que podem mentir a seu bel-prazer nos relatórios, desde que não haja imagens", e nesta medida o clube vai "continuar a combater" aquilo que apelida de "polvo fascista".

5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas