Clayton: «Apanhei uma falha num livre e mostrei que Buffon não é imbatível»

Ex-jogador aponta o caminho para os 'quartos' da Champions

• Foto: Manuel Araújo/Arquivo

O ex-jogador brasileiro Clayton aposta na passagem do FC Porto aos quartos de final da Liga dos Campeões, confiando no bom momento de forma dos dragões para o duelo de quarta-feira com a Juventus.

Em entrevista à Agência Lusa, o avançado que em 2001/2002 foi capaz de fazer um golo a Gianluigi Buffon espera "uma batalha muito difícil" e garante que será necessária concentração máxima frente à vecchia signora.

"O FC Porto está bem, tem uma boa equipa, atravessa uma boa fase e creio que há condições de passar a eliminatória", esclarece.

Há 15 anos, o FC Porto somou um empate e uma derrota nos dois jogos com os italianos, na fase de grupos da Champions e Clayton assinala que o "futebol mudou muito" desde então, mas recorda o peso que o cotado guardião transalpino já tinha na equipa orientada nessa temporada por Marcello Lippi.

"Buffon é um grande guarda-redes, já o era nessa época. É um guarda-redes que faz a diferença, é um ponto muito forte que a Juventus também tem, mas não só. Tem uma equipa muito forte, tem mostrado isso no campeonato italiano com vários títulos seguidos. Agora, o Buffon não é imbatível. Apanhei uma falha dele num livre que bati e mostrei que não é imbatível", conta.

Instado a comparar as duas versões da Juventus, o antigo futebolista brasileiro releva a consistência que o colosso italiano sempre manteve ao longo do tempo.

"Era um plantel forte e a Juventus vai continuar a ter. Os títulos dizem tudo. Considero que está ao mesmo nível e vai continuar ao mesmo nível por muitos anos", frisa.

Para o antigo jogador dos dragões, cuja camisola vestiu durante quatro épocas, uma das vantagens da equipa portista passa pela afirmação de Nuno Espírito Santo como treinador, apesar do arranque algo titubeante.

"O FC Porto está preparado para enfrentar qualquer equipa hoje. O Nuno pegou num plantel em reformulação, vieram muitos jogadores novos e teve algumas dificuldades nos primeiros seis meses, mas agora a equipa já está ao jeito dele. Sinto que o momento é bom, porque a equipa já tem o dedo dele", declara.

Outra das razões do crescimento do FC Porto passa pela entrada do também brasileiro Soares para o ataque azul e branco, no entender de Clayton, que, tal como o recente reforço portista, também chegou a meio de uma época ao clube.

"Ele chegou e já fez coisas muito boas. Tudo isso tem uma envolvência especial e o Nuno não o foi buscar à toa. Um jogador que chega com as coisas a acontecer de forma favorável acaba por ajudar o FC Porto. É um jogador interessante, vai ser muito útil ao clube", sublinha.

O desafio entre FC Porto e Juventus, referente à primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, realiza-se quarta-feira, às 19H45, no Estádio do Dragão.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.