Conceição: «Há equipas que se dão ao luxo de comprar jogadores que encaixam diretamente na equipa»

FC Porto recebe Marítimo na 1.ª jornada da Liga Bwin

A carregar o vídeo ...
Sérgio Conceição e o mercado: «Tirando algumas equipas que se dão ao luxo...»
Sérgio Conceição fez, esta sexta-feira, a antevisão do jogo com o Marítimo (amanhã, no Estádio do Dragão, às 20H30), encontro da 1.ª jornada da Liga Bwin.

Expectativas para o início do campeonato. Pontos fortes do Marítimo? "Expectativas são as de sempre, de fazer um bom jogo e ter um resultado positivo que passa pela vitória. Em relação ao Marítimo, é uma equipa que vem fazendo um excelente trabalho com o Vasco, chegou ao 10.º lugar na Liga. Teve algumas saídas e outras entradas, mas pelo que analisámos continua a ser uma equipa competitiva, bem organizada, que sabe bem o que tem a fazer e nós estamos preparados para isso. Olhamos para o adversário com respeito e humildade, mas olhamos para nós e para o que temos de fazer para ganhar".

O que traz o reforço André Franco ao plantel? "Naquilo que é o mercado, temos cada vez mais de olhar para jogadores que sejam jovens, que tenham talento, e olhamos muito para o mercado interno. Aproveito para desejar felicidades ao Franco qiue vai encontrar outras exigências. Temos consciência que os jogadores, à imagem do Veron também, precisarão de ter um tempo de adaptação e amadurecimento normal para uma realidade à qual não estão habituados. O nosso trabalho é exatamente esse para conseguirmos ter um plantel competitivo. Não nos podemos esquecer que temos, no mínimo, 44 jogos, e em todas as competições, sejam elas internas ou externas, queremos ser muito competitivos para irmos o mais longe possível. Nesse sentido, obviamente que ter um plantel apetrechado com jogadores competitivos... há equipas que se dão ao luxo de comprar jogadores que encaixem diretamente na equipa, aqui é mais difícil ter esse possibilidade".

Evanilson estará apto? Paragem pouco habitual por causa do Mundial, que desafios pode trazer? "Evanilson e Grujic, que teve um problema há uns dias atrás, deram sinais positivos, mas ainda vamos ver. Em relação à paragem, já falámos sobre isso. Acho que não há nada diferente, vamos ter a Taça da Liga... em termos de planeamento, não fizemos nada diferente. Temos consciência desse período de paragem do campeonato e estamos preparados para trabalharmos bem quando chegar essa altura, da mesma forma que o faremos enquanto houver campeonato, para depois enfrentarmos o resto da época quando os jogadores regressarem".

Nos últimos cinco anos o Sérgio conquistou três campeonatos. FC Porto é favorito por isso? Conhecendo dinâmicas do campeonato, o que gostava de não ver esta época?

"Começando pela primeira questão: acho que há favoritos neste campeonato, são três equipas históricas e o Sp. Braga também. Não acho que tenhamos vantagem. Acho, e como disse há pouco tempo, que os títulos fazem parte do passado e é importante olharmos para esta maratona que vamos ter. Estes clubes que mencionei partem em pé de igualdade, e tudo depende daquilo que fizermos nestas jornadas. Não é o peso da camisola que envergamos que vai decidir alguma coisa, é por aquilo que fizermos em campo. O que passou, passou. Em relação ao que não gostava que se passasse no campeonato, acho que estaríamos aqui muito tempo (sorriso)... há algumas coisas. Coisas que não gostava de ver nem de ouvir, mas isso cada um faz a análise que faz. Acho que temos um campeonato e uma liga interessante, sempre com equipas técnicas cada vez mais bem preparadas, com jogadores jovens nas primeiras equipas, e há muita coisa boa. É de louvar muitas coisas positivas. Já viram a quantidade de jogadores que saem do nosso campeonato e que vão para equipas dos melhores campeonatos do Mundo? Há muita coisa boa, muita matéria-prima com qualidade, e prefiro olhar para isso. Obviamente que há coisas menos boas no nosso futebol, mas isso é conhecido de todos".

O FC Porto é o primeiro alvo a abater esta temporada? "Não temos nenhuma bandeira com esse slogan. Somos campeões nacionais e o ano passado houve uma afirmação do Rúben a dizer exatamente o mesmo. Temos de defender o título que temos e fiz essa análise com os jogadores. Temos ganho, no ano seguinte as coisas não correm tão bem... sabemos, e olhando para os campeonatos passados, que tiramos algumas coisas que não podemos repetir. Difícil é ganhar muitas vezes e estar sempre motivados, mas esse é o meu foco. Esquecer o que passou, olhar para esta época e podermos chegar ao fim, em maio, campeões nacionais".

Namaso foi o principal goleador da equipa B nas últimas épocas. Parece ter recuado um pouco agora na equipa principal. No Reading também chegou a jogar a extremo e ala. Em que posição pode render mais? Pode tornar-se uma peça chave? "Não devemos ter duas perguntas para um miúdo que veio da equipa B e só fez um jogo. Temos esta tendência aqui em Portugal, de meter as equipas nos píncaros da lua quando isso acontece. Há uma transição da equipa B para a principal, onde ele fez uma excelente pré-época, e encaixou consoante a estratégia. Há um período de amadurecimento que vai acontecer. Não é passando 10 minutos da conferência a falar dele que as coisas vão ser positivas para ele. É deixá-lo fazer o que sabe fazer, deixá-lo tranquilo. É preciso perceber que um jogo não é nada, mas 2 mil jogos já é alguma coisa, como o nosso presidente faz amanhã. Há um período de evolução, integração, exigência diferente, e é por aí. Não vale a pena bater na mesma tecla. Obviamente que fico contente por ser o 11.º jovem que entra e joga e tem tudo para ter sucesso, mas vamos deixá-lo tranquilo e vamos olhar para todos os Namasos da equipa".

Perda de Marchesín. Cláudio Ramos vai ter mais espaço? "O cacifo dele continua exatamente igual, não é preciso mais espaço para o Cláudio, continua tudo exatamente igual, o Cláudio tem o mesmo espaço que tinha anteriormente. A saída do Marchesín foi o que foi. Quero ter sempre mais soluções, mas há outros fatores dentro daquilo que é um clube e que não posso controlar. O Cláudio é um excelente profissional, trabalhou sempre de forma incrível. No único jogo que fez comigo faz uma defesa incrível, e só quem trabalha muito é que consegue fazer aquilo. Estou muito contente com ele, vai continuar a ser uma excelente opção para nós".
Por Record
97
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas