Derlei: «Sérgio Conceição sente que a equipa tem de colocar o pé no acelerador»

Antigo avançado analisou o atual momento dos dragões

• Foto: Amândia Queirós/Movephoto
Depois de participar no World Scouting Congress, Derlei aproveitou para analisar o início de época do FC Porto, clube onde se destacou como jogador.

"É natural que as pessoas esperem que o FC Porto vença todos os jogos e é isso que se vive dentro da equipa. Realmente não se esperava que, nesta fase, a equipa já tivesse várias derrotas. No campeonato, o Benfica começou bem e isso complica um pouco, mas, se virmos o que há pela frente, é natural que a desvantagem seja recuperada porque as equipas ainda têm de jogar uma contra a outra. Nota-se que o Sérgio sente que tem de acender uma luzinha vermelha, que a equipa tem de colocar o pé no acelerador para que o FC Porto volte a ser aquilo a que nos habituou", começou por explicar o avançado.

Defendendo que Pepê já está num nível digno de jogador à FC Porto e que Veron já se começa a soltar, Derlei lamentou o facto de, nos últimos jogos, alguns dos jogadores da espinha dorsal terem ficado de fora: "Em alguns jogos faltaram esses jogadores (Diogo Costa, o Pepe, o Uribe, também o Otávio e o Taremi.), que são de extrema importância e fazem falta à equipa, nem que seja 45 minutos", referiu, analisando ainda as saídas que aconteceram no último verão: "Sempre que saem jogadores importantes, que fazem a diferença, é normal que os que chegam levem algum tempo a adaptarem-se ao sistema de jogo e a entender o ambiente. O FC Porto é um clube à parte e a grande maioria dos jogadores precisa desse tempo. É difícil dizer se os jogadores que chegaram vão colmatar as saídas. É preciso paciência, sabemos que no futebol português é preciso vender para equilibrar as contas"

Apesar disso, o ‘Ninja’ acredita que os dragões vão dar a volta por cima: "O Sérgio Conceição já mostrou em dificuldades maiores que teve a capacidade de transformar a equipa e fazer com que ela jogasse à Porto. Isso vai acontecer já no próximo jogo. Depois desta paragem ele vai voltar a trabalhar com a equipa mais completa e os adeptos esperam que isso aconteça. Sabemos que não é fácil uma equipa como o FC Porto perder dois ou três jogos no início da época, mas isso já aconteceu noutros anos e a equipa deu sempre a volta porque é o FC Porto. Atirar a toalha ao chão? Não o vejo [Sérgio] a atirar a toalha ao chão, isso não é dele. Todos sabemos que o Sérgio Conceição não desiste de nada. É evidente que um dia, mais cedo ou mais tarde, ele vai sair do FC Porto e tenho a certeza que sairá pela porta que entrou, porque ele, além de ser um grande treinador e uma grande pessoa, é um grande portista, com um grande coração".
Por Diogo Matos
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas