Diogo Jota ganha pontos no equilíbrio

Avançado cedido pelo At. Madrid em evidência

• Foto: Move Noticias
Na hora de recolherem os louros pelo ciclo de jogos sem sofrer golos, que pode atingir os oito, esta noite, frente ao Marítimo, os elementos do sector recuado do FC Porto, bem como o próprio treinador, sempre salientaram que o processo defensivo começa nos avançados e que, consequentemente, também há mérito deles nesse dado. E é precisamente no ataque que mora Diogo Jota, um jogador que, mesmo sem ser exímio na pressão ou na recuperação de bolas, sabe fechar bem os espaços nos três corredores e equilibra a sua equipa com um bom sentido posicional.

A prova de que cumpre essa missão com rigor está num dado estatístico muito peculiar: nos 17 jogos que já disputou, num total de 1.123 minutos em campo, o FC Porto apenas sofreu um golo. Foi contra o Club Brugge, na Bélgica, em jogo da Liga dos Campeões. De resto, nos jogos em que Diogo Jota participou, a equipa já sofreu mais golos. Porém, isso aconteceu antes de ele entrar ou já depois de ter saído. Recorde-se, por exemplo, que Jota já tinha sido substituído quando o FC Porto foi batido pela última vez, no clássico com o Benfica.
Por Nuno Barbosa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas