Dragões atiram-se a árbitro do Bessa e fazem ricochete na FPF

Acusam organismo de querer FC Porto fora da Taça

José Moreira
José Moreira

O FC Porto não poupa críticas à nomeação e arbitragem de Nuno Almeida no Boavista-FC Porto, jogo dos quartos de final da Taça de Portugal, apontando o dedo à Federação Portuguesa de Futebol, a quem acusa de não querer o clube na final do Jamor. 

Falta de Idris sobre Herrera
"Para o dérbi do Porto a riquíssima federação, sem olhar a despesas, designou um árbitro do extremo sul, porque Timor já não é nosso. E o que fez o sr. Nuno Almeida? Simples, um rigor exemplar com os jogadores do FC Porto e uma complacência de bradar aos céus com os jogadores do Boavista. Foi assim neste lance [foto ao lado], que nem amarelo valeu, apenas uma reprimenda a Herrera, por ter posto o calcanhar a jeito de uma pantufada adversária. Esta imagem resume bem o trabalho do árbitro e só não vê quem não quer ver. Mais grave ainda quando se compara com o que se tem visto no campeonato, seja nos jogos do FC Porto, seja nos jogos dos principais rivais. Voltaremos a este assunto, com factos e com imagens", pode ler-se na newsletter do clube, "Dragões Diário".

E prossegue: "Pelo que se viu no Bessa, a federação não quer o FC Porto no Jamor, mas pode ser que agora as coisas mudem, afinal somos o clube mais a sul na competição, o que talvez nos faça ser merecedores de outras mordomias".

Por Sofia Lobato
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.