Dragões não chegam a acordo com Lopetegui

SAD rescinde contrato de forma unilateral com o treinador espanhol

• Foto: Manuel Araújo

O FC Porto revelou esta sexta-feira, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que não chegou a acordo com Julen Lopetegui e que, desta forma, rescindiu o contrato com o espanhol de forma unilateral, o que poderá motivar uma disputa entre ambos em tribunal.

Recorde-se que o técnico basco desde cedo vincou que não abdicaria dos prémios - houve entendimento no que respeita aos salários a receber - pois acreditava que tinha todas condições para vencer as principais competições que disputava (campeonato, Taça de Portugal e Liga Europa), exigindo assim as quantias relativas às vitórias nessas provas, de acordo com o que ficou estabelecido previamente com a administração portista.

No mesmo documento, os dragões esclarecem ainda que, de momento, não existem "quaisquer negociações tendo em vista a contratação de um treinador para a equipa principal."

Leia o comunicado na íntegra:

Na sequência da comunicação ao mercado efetuada no dia 8 de Janeiro, a Futebol Clube do
Porto – Futebol, SAD vem esclarecer que, não tendo sido possível chegar a um acordo com o
treinador Julen Lopetegui, rescindiu unilateralmente o seu contrato de trabalho desportivo.

Mais se esclarece que não existe, à data, qualquer negociação tendo em vista a contratação de
um treinador para a equipa profissional de futebol A.

O Conselho de Administração
Porto, 15 de janeiro de 2016

Por João Socorro Viegas
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.