FC Porto com prejuízo de quase 52 milhões de euros no primeiro semestre da época

Dragões revelam contas em comunicado à CMVM

• Foto: Nuno Fonseca / Movephoto

A FC Porto - Futebol, SAD encerrou o primeiro semestre da temporada 2019/20 com um prejuízo de quase 52 milhões de euros (51,854). Os dragões, em nota enviada à CMVM, explicam este resultado líquido consolidado com a não participação do clube na Liga dos Campeões esta época. Há um ano, o resultado era positivo, de 7,158 milhões de euros.

As receitas sofreram uma quebra ao longo deste período em análise, concretamente de 55,781 milhões de euros, valor motivado pela quebra da receita europeia – no período homólogo anterior os proveitos operacionais decorrentes das provas UEFA eram de 60,8 milhões de euros e caíram drasticamente para quase 9,4 milhões.

O ativo da SAD decresceu em cerca de 15,7 milhões de euros, fixando-se agora nos 28,776 M€. Já o passivo cresceu em 36,4 milhões até aos atuais 444,526 milhões de euros.

"Este resultado era já expectável, e está de acordo com o orçamento aprovado em Assembleia Geral, já ajustado pela não participação do FC Porto na edição 2019/2020 da UEFA Champions League. Adicionalmente, e apesar da inevitável redução das receitas obtidas pela participação nas provas europeias, devido aos montantes significativamente inferiores atribuídos pela UEFA Europa League, a Administração da FC Porto – Futebol, SAD tomou a opção de não vender, neste mercado de transferências de janeiro, jogadores que pudessem pôr em risco a competitividade da equipa", dizem os portistas no Relatório e Contas.


28
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas