Fernando Madureira: «Ouvimos um estrondo»

Testemunhou aflição das autoridades

• Foto: Vítor Chi
Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, colaborou com as forças de segurança para que a evacuação do topo norte decorresse sem problemas.

O conhecido adepto portista relatou, em declarações a Record, o que se passou. "Ao intervalo, fui chamado pelos elementos de segurança, para ver uma fenda no interior do estádio. Estavam aflitos e disseram que era preciso evacuar a bancada, pois estava a cair", explicou.

A preocupação das autoridades ganha mais força, atendendo ao que relatou Madureira. "Ouvimos um estrondo. Quem estava no interior até pensava que tinham rebentado um petardo."

Perante o apelo das autoridades, Madureira, com megafone na mão, foi dando uma ajuda a encaminhar os adeptos para fora do local – estavam perto de três mil espectadores, a lotação da bancada. "Quem estava em baixo, ia para o relvado; quem estava na parte de cima, era encaminhado para o exterior. Era importante que as pessoas não entrassem em pânico."

A maior parte dos adeptos portistas que estiveram no topo norte chegou 10 minutos antes do encontro sem "qualquer problema". Para Madureira, "foi melhor" não haver segunda parte do que acontecer uma tragédia. "Imagine se o FC Porto marcasse um golo e toda a gente saltasse a festejar..."
29
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas