Francisco J. Marques: «O campeão é o FC Porto, mas o que se celebra é o campeão da próxima pré-época»

Diretor de comunicação dos dragões elogia Pinto da Costa e Conceição e projeta chegada de Jesus ao Benfica

• Foto: Movenotícias

Francisco J. Marques considera que Pinto da Costa e Sérgio Conceição são os dois principais obreiros da conquista do título do FC Porto, fundamentando a afirmação com a capacidade de liderança que presidente e treinador demonstraram nos momentos mais difíceis da época. 

"São os dois alicerces. Comparando com o que se passou nos rivais não assistimos a nada que se aproxime destas lideranças fortes. Não há paralelo no futebol português. O presidente disse que este título não seria possível com outro treinador e com outros jogadores. Acrescento que também não seria com outro presidente", frisou Francisco J. Marques no programa 'Universo Porto da Bancada, do Porto Canal, acrescentando que o Benfica já está a tentar "intoxicar" a opinião pública e fazer esquecer a conquista portista. 

"O FC Porto é campeão, mas o que se celebra é o campeão da pré-época que aí vem. Mas os nossos adeptos já estão habituados às tentativas de desinformação. Não há é notícia sobre adeptos que belisque o nosso clube. E isso também é motivo de orgulho. Já outros atiraram pedras, até para a própria equipa", referiu o diretor de comunicação portista, abordando ainda a suposta hegemonia que as águias dizem ter nos últimos anos em Portugal: "Durante não sei quanto tempo ouvimos falar da hegemonia do Benfica. Até que entra na cabeça das pessoas. Para se considerar hegemonia tem de haver uma amostra larga. Temos um quinto de século e o FC Porto ganhou 11 campeonatos, o Benfica sete;  FC Porto ganhou seis Taça de Portugal, o Benfica três; 10 Supertaças e o Benfica cinco. Só na Taça da Liga é que são hegemónicos. Além disso, o FC Porto tem uma Liga dos Campeões, duas Ligas Europa e um Mundial de clubes. O dobro dos troféus internacionais nos mais de 100 anos da existência do Benfica. Como é que se vem falar de hegemonia? Se ela existe é de um clube de azul e branco."

Sobre a chegada de Jorge Jesus, Francisco J. Marques escudou-se nos números das últimas épocas para ilustrar a superioridade de Sérgio Conceição. "Benfica anunciou o regresso do Jorge Jesus, mas só uma vez fez mais pontos que o pior FC Porto da história, segundo dizem. Se ganharmos em Braga podemos chegar aos 85 pontos, a apenas três do recorde da prova. Temos muitas vezes campeões na casa dos 70 e dos 60 pontos. Então com que honestidade pontual se diz que uma equipa que pode chegar aos 85 pontos é das mais fracas da história? Na verdade é uma das melhores da história", atirou.

Por José Miguel Machado
46
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Líder castigado

Pinto da Costa suspenso por 35 dias e multado em 5.610 euros devido a críticas às arbitragens

Pepe como o Vinho do Porto

Frente ao Belenenses SAD vai tornar-se no mais velho de sempre a jogar pelos dragões em encontros oficiais

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.