Jorge Costa: «Podiam já encomendar as faixas de campeão»

NO REGRESSO AO TRABALHO, O CAPITÃO PORTISTA MANTÉM FIRMEZA E CONFIANÇA

Jorge Costa: «Podiam já encomendar as faixas de campeão»
Jorge Costa: «Podiam já encomendar as faixas de campeão»

O FC Porto regressou quarta-feira ao trabalho depois das curtas férias de Natal. Tempo de festejos e comezainas é suposto e normal que se ganhe peso e se perca um pouco da boa forma. Mas o capitão portista Jorge Costa assumiu a responsabilidade de descansar os interessados, garantindo que ”o plantel até veio mais forte das férias”.

O técnico Fernando Santos ”recebeu” os jogadores com a prometida ”coça”, nada que surpreendesse: ”Sabíamos que para gozarmos destes dias de descanso teríamos de pagar a factura no regresso, apesar de a nossa responsabilidade profissional não permitir exageros nesse período. De facto, notou-se a alegria com que todos se apresentaram, o que é normal depois de dias dedicados às pessoas de quem mais gostamos após seis meses de intenso trabalho e quase sempre em estágio. Julgo até que em termos psicológicos estamos todos mais fortes e daqui até ao jogo com o Estrela da Amadora estaremos fisicamente aptos, se calhar até melhor do que antes do interregno.”

Neste ”minidefeso” de Natal, os mais directos adversários do FC Porto na luta pelo título reforçaram-se, factor que, aliado à proximidade pontual, promete mais dificuldades para os portistas na ambição de terminar a prova em primeiro lugar, mas Jorge Costa não se impressiona: ”Neste momento, o FC Porto é, em todos os aspectos, superior a todas as outras equipas nacionais. Não me preocupa os reforços dos outros mas, sim, o FC Porto que está bem. Por mim, não trocava nenhum jogador desta equipa por qualquer um do Benfica ou do Sporting.”

A convicção de Jorge Costa sobre a superioridade do FC Porto é tanta, que, em resposta à pergunta ”por si, podia encomendar-se as faixas de campeão para esta época?”, não ”disfarçou” nada: ”Pela minha confiança na equipa poderiam. E, a manter a mesma política, o FC Porto pode ser como desejo campeão nacional dez anos consecutivos.”

”Virar” o ano na liderança da I Liga é um factor a que o defesa portista confere a devida importância, uma vez que ”isso prova que o FC Porto depende apenas de si próprio para renovar o título”, um objectivo que Jorge Costa quer ver ”vincado nos próximos dois meses, aproveitando o intervalo competitivo da Liga dos Campeões”.

A prova internacional será retomada apenas em Março, ante o Barcelona, e Jorge Costa já deixou um cheirinho: ”O Barcelona é uma grande equipa. Não teremos as mesmas estrelas que eles mas temos, por certo, mais vontade ganhar, e em campo esse factor faz a diferença.”

Se o capitão portista admite, por estas palavras, que a sua equipa acredita em derrotar o Barça, por consequência, revela partilhar da opinião de Fernando Santos, segundo a qual o FC Porto lutaria pelo título na liga espanhola: ”Não vejo na liga espanhola equipas que sejam muito superiores à nossa, logo, teríamos uma palavra a dizer na discussão do título.”

AUGUSTO LEITE

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas