Layún: «Real Madrid? O tempo decidirá...»

Lateral não tem pressa

• Foto: Manuel Araújo

Miguel Layún não conseguiu sair do México sem antes comentar a notícia que surgiu no seu país e que, depois, teve forte repercussão em Espanha e que dava conta do interesse do Real Madrid em contratá-lo. "A verdade é que desconheço essa situação. Eu estou a trabalhar para mim, trabalho com a seleção e com o sentido de fazer bem as coisas no FC Porto. Depois, será o tempo a decidir o que poderá suceder", desviou o lateral-esquerdo, de 27 anos, obrigando a uma insistência no tema, uma vez que jogar no Real Madrid é um desejo comum a grande parte dos jogadores. "É difícil opinar sobre algo que desconheces", insistiu o portista, em declarações ao jornal ‘Esto’.

Regra geral, os mexicanos do FC Porto viraram heróis astecas, face ao que têm produzido não só no clube, mas também na seleção tricolor. Por isso, não conseguiram passar despercebidos ao saírem do país, depois do jogo com o Canadá. Antes de viajarem para o Porto, Miguel Layún, Héctor Herrera, Jesús Corona e também Diego Reyes, central que se encontra emprestado pelos dragões à Real Sociedade, deixaram-se fotografar para a referida publicação, na qual tiveram honras de capa.

Todavia, o único a falar foi o lateral-esquerdo que está no FC Porto emprestado pelo Watford e cuja opção de compra do seu passe será acionada até 31 de maio, por seis milhões de euros, que serão pagos em duas tranches. Miguel Layún não escondeu ainda que regressa "muito contente" à Invicta pelo que produziu na sua seleção – fez um total de 180 minutos nos dois jogos com o Canadá e ainda assinou uma assistência – e rematou assim: "Estou muito satisfeito e, agora, vou trabalhar em pleno no FC Porto."

Por Nuno Barbosa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas