Médico do FC Porto explica como se procedeu no momento em que Casillas sofreu um enfarte

Nelson Puga relata ao detalhe desde o momento em que se suspeitou de enfarte até à cirurgia

Casillas durante o treino desta quarta-feira, em que sofreu um enfarte do miocárdio
Casillas durante o treino desta quarta-feira, em que sofreu um enfarte do miocárdio
Casillas durante o treino desta quarta-feira, em que sofreu um enfarte do miocárdio
O médico do FC Porto, Nelson Puga, explicou ao detalhe como se viveram os momentos em que Iker Casillas sofreu um enfarte do miocárdio durante um treino dos dragões e os procedimentos adotados em seguida.

"Por sorte, foi diagnosticado rapidamente e os procedimentos correram bem. Pedimos para ter uma equipa no Olival em alerta quando suspeitámos que poderia ser esta situação clínica e colocaram-nos uma equipa de prevenção para que, mal ele chegasse ao hospital, pudesse ser diagnosticado e intervencionado", começou por dizer, em declarações ao Porto Canal.

"Após ser feito o diagnóstico, pudemos atuar rapidamente em termos de hemodinâmica, ele fez um cateterismo e os colegas de cárdio que atuaram no hospital foram também muito eficazes na resposa que deram, em particular o colega que fez um cateterismo, que também tem mãos como o Iker na baliza para fazer estes procedimentos", relatou Puga.

De resto, o médico do FC Porto confirmou que Casillas se sente bem: "foi resolvido sem que ele ficasse com qualquer tipo de sequelas. Está estável, com o humor que o caracteriza e vai iniciar os primeiros passos na sua recuperação."

O guarda-redes espanhol, recorde-se, encontra-se livre de perigo, já está numa unidade de cuidados intermédios, mas não deverá jogar mais esta época. Pouco depois das 20 horas, Casillas mostrou uma foto sua no hospital, dizendo que continua com as "forças intactas".
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas