Nuno Lobo diz ter sido ameaçado após anunciar vontade de concorrer à presidência do FC Porto

Sócio portista fala numa situação "inaceitável"

Nuno Lobo assumiu nos últimos dias a intenção de avançar para as eleições do FC Porto, que se vão realizar no dia 18 de abril. A vontade, contudo, já lhe valeu ameaças nos últimos dias, um facto que, naturalmente, lamenta.

"Já recebi, infelizmente, algumas ameaças o que é inaceitável quando se devia num clube, como o nosso democrático, apelar ao debate de ideias e refletir sobre a situação atual grave que o nosso clube está a atravessar", acusou Nuno Lobo, em entrevista à Antena 1, mantendo, ainda assim, a intenção de avançar para o ato eleitoral: 

"Vou avançar com a minha candidatura a não ser que exista uma hecatombe, que não acredito, na direção do FC Porto. Vai tudo continuar na mesma e não pode tudo continuar na mesma. Não podemos viver é constantemente do passado. Temos vividos seis anos de horror. Não falo só de futebol. Quero ver um FC Porto diferente. Já não vejo o Pinto da Costa que dava murros na mesa. Vamos cair como o Sporting? Não, não vamos cair. O FC Porto e as gentes do FC Porto estão despertas."

12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas