Oficial: Dragões pagam 20 milhões por Óliver

FC Porto accionou cláusula de opção pelo médio

• Foto: epa
O FC Porto confirmou esta quinta-feira, em comunicado enviado à CMVM, ter exercido a cláusula de opção que detinha pelo passe do médio espanhol Óliver Torres, pagando ao At. Madrid o valor fixado no acordo de empréstimo acordado no início da temporada, 20 milhões de euros.

FC Porto abriu os cordões à bolsa por eles
Segundo o comunicado dos dragões, o "contrato de trabalho (...) com o jogador será efetivado após término do contrato de empréstimo em vigor", que tem duração até final da presente temporada. Esse contrato em definitivo, diga-se, irá ser válido até final da temporada 2020/21.

Recorde-se que, na quarta-feira, o diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, deu conta, no Porto Canal, da obrigatoriedade portista em accionar a referida cláusula. "Quando um jogador vem por empréstimo, como aconteceu com o Óliver, em que temos uma obrigação de acionar a opção, e o Jota, onde não temos, dizemos", referiu aquele responsável. Um dia depois, o negócio foi oficializado.

Mais caro de sempre

Com esta transferência, Óliver passa a ser o jogador mais caro de sempre dos dragões, em 'igualdade' com Giannelli Imbula, que no início de 2015/16 custou também 20 milhões à SAD portista. No topo da lista a nível nacional continua, ainda assim, o mexicano Raúl Jiménez, por quem o Benfica pagou (ao At. Madrid) 22 milhões de euros.
Por Fábio Lima
12
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas