Otávio voltou a mexer

“É a terceira vez que sou feliz a entrar do banco. É uma demonstração de força”, vinca o criativo

• Foto: Movephoto

Foi o primeiro a saltar do banco de suplentes por ordem de Sérgio Conceição e, tal como tinha acontecido nos Barreiros, Otávio teve toque de Midas. "A equipa fez um bom jogo. É a terceira vez que sou feliz... a entrar. Não me quero acostumar a ficar no banco, mas também é uma demonstração da força do plantel!", defendeu o médio criativo, dando importância substantiva à capacidade de todo o plantel azul e branco.

"Sabíamos da qualidade do Sp. Braga. Estava difícil de entrar. O treinador optou por mim porque jogo mais dentro. Corona deu mais verticalidade por fora. Fizemos um bom segundo tempo e conseguimos os três pontos, que era o mais importante", analisou ainda sobre o decorrer dos acontecimentos, no que à estratégia adotada pelos dragões diz respeito.

É nesta senda que Otávio quer permanecer, individual e coletivamente, conforme afiançou sem espaços para qualquer tipo de dúvidas: "Agora é manter esta série de vitórias para continuarmos no primeiro lugar. É onde queremos chegar no final. Nessa altura queremos estar em 1º lugar."

Otávio voltou a ser pesadelo para as hostes bracarenses como num duelo, em 2015/16, entre Sp. Braga e V. Guimarães (3-3), no qual marcou e assistiu. O treinador do Vitória era Sérgio Conceição.

Por António Mendes e Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas