Pinto da Costa deixa mensagem na ala pediátrica do Hospital de São João: «Juntos venceremos»

Presidente dos dragões viu evolução das obras e não falou de futebol

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Pinto da Costa esteve há pouco no Hospital de São João, no Porto, onde assistiu ao desenrolar das obras na nova ala pediátrica. Num discuirso emotivo, o presidente do FC Porto deixou uma mensagem de conforto às crianças, mostrando-se esperançado que este espaço as possa ajudar a ultrapassar os problemas.

"Em relação a esta obra, é um sonho muito antigo, é um sonho de muita gente que foi dado como sendo impossível, mas como costumo dizer, o impossível só costuma demorar um pouco mais a resolver-se e o entusiasmo de todos os que estiveram com ela, agora também do senhor presidente da administração do hospital, o professor Araújo, é de tal forma que contagia todos aqueles que vêm aqui e a conhecem e contactam com ela. Senhor professor, conte connosco, conte comigo, estaremos sempre disponíveis, sem fazer favor algum, agradecendo a possibilidade que nos dá, cumprimos uma obrigação enorme de contribuir para que estas crianças, que têm o azar ou a pouca sorte de terem a saúde abalada, possam sentir-se felizes neste espaço e que se habituem a pensar que juntos venceremos e de certeza que todos juntos, com o pessoal médico e profissional de saúde que este hospital tem, muitos vão vencer, será uma vitória de todos, mas será uma grande vitória também sua", referiu Pinto da Costa, dirigindo-se concretamente a Fernando Araújo, presidente do conselho de administração do Hospital de São João.

O líder dos dragões fez também questão de homenagear os profissionais de saúde que trabalham naquela unidade hospitalar, dando como exemplo a missão heróica que cumpriram no período mais difícil da pandemia.

"Agradeço a oportunidade de, juntamente com o FC Porto, estar ligado a esta magnífica obra e dizer umas palavras muito simples, mas muito sentidas. Sou uma testemunha real e efetiva do que é este hospital, já aqui fui operado por dois ilustres médicos aqui presentes, já aqui entrei com sete costelas partidas e saí são e salvo e verifiquei durante esse tempo que toda a gente com que contactei era de uma extrema simpatia e cuidado, e o que mais me agrada é que nas camas ao lado onde estavam pessoas anónimas, no sentido de não serem conhecidas, e eram tratadas com a mesma atenção e o mesmo carinho. Desde aí que fiquei com uma admiração enorme por todo o pessoal deste hospital, por isso queria neste momento e na pessoa do senhor presidente e dos seus colaboradores mais diretos dar aqui o meu testemunho e a minha homenagem a todos, sem exceção, que trabalham neste hospital e que sentiram bem no corpo e na alma o que foi esta terrível pandemia, onde eles foram de facto os grandes vencedores. Infelizmente, alguns ficaram pelo caminho, mas a sua memória e o exemplo dos que resistiram é o testemunho vivo da importância que devem ter para todos nós, os profissionais de saúde e de um caso especial e para mim de um modo particular, todos aqueles que trabalham no Hospital de São João", destacou ainda.

De resto, Pinto da Costa falou apenas desta visita, não abordando qualquer tema ligado ao futebol.

Por Nuno Barbosa
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas