Pinto da Costa recordou final de Basileia: «Com Pedroto tínhamos ganho»

Líder dos dragões lamenta que o saudoso técnico não tenha podido estar na final da Taça das Taças

• Foto: Direitos reservados

Na série documental 'Ironias do Destino', transmitida no Porto Canal, Pinto da Costa também abordou o nascimento do FC Porto europeu, em 1984, com a presença na final da Taças das Taças. Os portistas saíram derrotados pela Juventus, mas o presidente acredita que se José Maria Pedroto tivesse comandado a equipa no banco, em Basileia, o desfecho poderia ter sido outro.

"Nessa final tivemos muitos contratempos, o maior foi a ausência do treinador Pedroto, que já estava doente e não pôde acompanhar a equipa, não pôde acompanhar a própria preparação da equipa, se não dando tópicos e orientações de casa. Estou convencido que se tivéssemos tido o Pedroto lá fisicamente, poderíamos ter ganho, mesmo sendo a Juventus, que era uma equipa muito poderosa. O desenrolar do jogo e o resultado... perdemos apenas por 2-1 e com algumas incidências negativas contra nós. Foi aí que a Europa do futebol, o Mundo do futebol começou a olhar para o FC Porto com respeito e admiração. O ano de 1984 foi muito importante, tive a sensação de que com Pedroto tínhamos ganho, e sobretudo tive pena de não ter ganho, porque era a última oportunidade que ele tinha de ganhar uma grande prova europeia pelo FC Porto", recordou o presidente dos dragões.

Por Record
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Castigo de verão

Moncho Lopéz e Garrett Nevels apanham um mês de suspensão mas sem efeitos práticos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.