Pinto da Costa: «Sei que houve dirigentes que tiveram de meter uma comissão para o Paulo Gonçalves»

Presidente do FC Porto aborda a polémica em torno dos contratos de Benfica e Aves

• Foto: José Gageiro / Movephoto

Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa reagiu também à questão dos contratos polémicos do Benfica com o Aves e, em resposta àquilo que Luís Filipe Vieira disse esta segunda-feira, deixou claro que "os contratos do FC Porto são claríssimos", sem "simulações e empréstimos fictícios".

"Eu não sei que tipo de contratos são. Sei que disseram que vinha aí um escândalo no Público... Agora, os contratos do FC Porto são claríssimos e são o que são. Não há simulações e empréstimos fictícios. Vi uma notícia que falava do Duque depositar e levantar não sei o quê... Se o Luís Filipe Vieira diz que isso também se faz no Barcelona e no Real Madrid, não sei...", atirou o líder portista, acrescentando: "Cada um está como está. Há muitas maneiras de fazer negócios, uns fazem de uma maneira e outros de outros."

De resto, Pinto da Costa abordou o facto de o Benfica continuar a trabalhar com Paulo Gonçalves: "Pois, toda a gente sabe. Não só daquele jogador. Sei que houve dirigentes que fizeram negócios e que depois tiveram de meter uma comissão para o Paulo Gonçalves. Mas eu não sou polícia nem juiz, não tenho nada a ver com isso. Não sou eu que tenho de ver."

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas