Pinto da Costa sobre Casillas: «Felizmente não teve as consequências que poderia ter tido»

Presidente do FC Porto diz que enfarte obrigará guardião a um tempo de inatividade

• Foto: José Gageiro/movephoto
Pinto da Costa deu graças pelo facto de o enfarte que Iker Casillas sofreu esta quarta-feira no treino do FC Porto "não ter tido as consequências que poderia ter tido". Ainda assim, o presidente dos dragões confirmou que o guarda-redes vai ter de parar durante algum tempo, sem especificar quanto.

"O problema de saúde que o nosso Iker Casillas sofreu hoje felizmente não teve as consequências que poderia ter tido. De qualquer forma, obriga a um internamento hospitalar e a um período de repouso e de inatividade. Em primeiro lugar, quero em meu nome e em nome do FC Porto prestar-lhe toda a solidariedade, não por ser um atleta de eleição, mas por ser um homem impoluto, com caráter excecional, um homem com H grande de que todos nós nos orgulhamos muito, por ser um dos nossos", disse o líder azul e branco ao canal do clube.

"Todos nós, dirigentes, técnicos, jogadores, todos o que no dia a dia somos seus companheiros com o objetivo de vencer, iremos ter uma razão suplementar para pormos todos os nossos esforços na conquista das vitórias próximas que ele, como nós, tanto deseja. Tudo o que cada um fizer a partir deste momento, terá de ter um esforço suplementar para que ele continue a ser o atleta mais vitorioso do mundo. Força Casillas! Tu és Porto!", finalizou.
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas