CD da FPF anuncia decisões do caso da garagem do Dragão após o FC Porto-Sporting

Queixa do Sporting resulta em duas suspensões, três multas e uma absolvição

A carregar o vídeo ...
Entrada da equipa do Sporting no autocarro no Dragão foi atribulada: veja as imagens da confusão
O clássico de fevereiro entre FC Porto e Sporting, da Liga Bwin, ainda dá que falar. Esta terça-feira, em comunicado, o Conselho de Disciplina anunciou as decisões quanto aos processos disciplinares instaurados na sequência de queixa apresentada pelo Sporting, por conta do sucedido na garagem do Estádio do Dragão: Sérgio Conceição foi absolvido, ao passo que Vítor Baía e Rui Cerqueira acabaram suspensos, por 25 e 115 dias, respetivamente. Já o FC Porto é condenado a pagar 16,300 euros. De acordo com o apresentado, o antigo guarda-redes é ainda multado em 3,440 euros, ao passo que o diretor de comunicação portista é alvo de uma coima de 3,825€.

Segundo o comunicado, Vítor Baía é suspenso e multado pelos insultos a Frederico Varandas, uma conduta que o próprio assumiu (algo que serviu como atenuante). Já o FC Porto é multado em 16,300 euros por conta da publicação feita nas redes sociais, na qual ironizou o facto de Frederico Varandas ter ficado sem telemóvel e documentos na sequência dos incidentes na garagem do Dragão. De acordo com o CD da FPF, esta "publicação consubstancia conduta grosseira, sendo rude, ético-juridicamente incorreta e atentatória dos padrões de conduta esperados e minimamente exigíveis a qualquer sociedade desportiva que disputa as competições profissionais, até pelo reflexo negativo que tem na imagem dessas mesmas competições."

Quanto a Rui Cerqueira, é alvo da suspensão mais pesada (115 dias), por "ter batido com uma das suas mãos
na mão direita" de Frederico Varandas, "com que este segurava o telemóvel para filmar, o que provocou a queda instantânea do telemóvel.

Relativamente a Sérgio Conceição, é absolvido pois, apesar de se confirmar a presença "em local próximo do Presidente da SAD participante", a prova "não permite uma clara e inequívoca determinação do teor das palavras por si eventualmente proferidas." Em causa, refira-se, estariam insultos a Frederico Varandas.
Por Record
98
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas