Rodolfo Reis: «Os jogadores transmitem-me pena»

Antigo médio dos dragões critica a equipa

• Foto: Amândia Queirós

Rodolfo Reis admitiu que sente pena da equipa do FC Porto, algo que nunca pensou sentir. O antigo médio dos dragões referiu que o clube já não é respeitado porque não impõe a sua superioridade como já fez.

"As coisas têm de se dizer. O FC Porto foi mais do mesmo. Sinto o que não queria sentir, que é pena. Pena dos profissionais do FC Porto, da estrutura, da massa adepta. Os jogadores transmitem pena, já me passou a raiva.
Vejo árbitros que já não respeitam o FC Porto e os adversários também não. Quando jogava, olhava para os adversários e eles estavam amarelos. Tinham medo do que ia acontecer porque sentiam a superioridade do FC Porto. Depois do que o presidente disse, esperava que abafássemos o P. Ferreira, como estão a fazer o Sporting e o Benfica. Não vi nada disso, vi o mesmo futebol, a recuar. Isto é o caráter", explicou no programa Play-Off, da SIC Notícias.

O antigo jogador dos azuis e brancos apontou depois o dedo ao ataque portista, onde diz não haver qualidade, e questionou a não convocatória de Aboubakar: "O Paços está empatado 0-0 e o treinador mete um ponta-de-lança. Se o Paços faz isto, porque é que o FC Porto não faz? Claro que não compreendi a convocatória de Aboubakar. É logico que não entendo. É por causa do Aboubakar que está a acontecer isto? Eu não queria ser ponta-de-lança dentro do modelo do FC Porto. O FC Porto não faz golos porque não tem jogadores de classe e de categoria para isso. E depois sofre golos de aselhice total. O presidente disse que isto já bateu no fundo mas eu estou com medo que ainda não tenha batido. Hoje ainda foi mais fundo. Onde acaba? Não sei...".

Da mesma forma que Pinto da Costa teve mérito nas conquistas, Rodolfo Reis explicou que também agora o presidente tem responsabilidades: "Fomos campeões da Europa e do Mundo, ganhámos 20 campeonatos. Grande mérito de Pinto da Costa. É logico que ele não joga à bola mas traçou tudo. E agora é igual. O FC Porto não ganha agora porque o presidente Pinto da Costa não formou um grupo bom. Pinto da Costa assumiu que errou. Quando vi no ano passado o jogo em Belém, o caráter, dignidade, postura, disse: este treinador não pode ficar aqui. O presidente entendeu o contrário, entendeu apoiá-lo".

Questionado sobre a continuidade de José Peseiro no comando da equipa na próxima temporada, o agora comentador acredita que tal não vai suceder: "Acredito que Peseiro não vai ficar e tenho muita pena. Tentou mudar para melhor, dar mais profundidade, mas é o treinador que perde com o Tondela em casa, em casa com o Arouca… Ganhou na Luz, mas onde o Benfica teve quatro ou cinco situações e o Casillas fez defesas extraordinárias".

Por Luís Miroto Simões
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas