Seleções levam dez e quatro deles são titulares

Dores de cabeça para Sérgio Conceição

• Foto: David Cabral Santos

A perspetiva azul e branca passa por aproveitar a atual paragem competitiva para potenciar individual e coletivamente os elementos do plantel, ainda assim o plano de trabalhos terá em conta algumas condicionantes do ponto de vista dos nomes disponíveis.

As seleções levaram do Olival um total de 10 jogadores do plantel principal, sendo que, destes, somente quatro usufruem de um estatuto de titulares indiscutíveis. São eles Danilo Pereira (Portugal), Éder Militão (Brasil), Brahimi (Argélia) e Marega (Mali). Peças-chave na equipa de Sérgio Conceição que estarão afastados dos trabalhos juntamente com mais meia dúzia de nomes: Sérgio Oliveira (Portugal), Mbemba (Congo), Chidozie (Nigéria), Corona (México), Diogo Leite e Bruno Costa (sub-21 portugueses).

Relativamente ao tempo de regresso destes internacionais, os primeiros a chegar serão mesmo os portugueses, pois os compromissos da Seleção Nacional terminam no dia 14, com a partida frente à Escócia. Os restantes internacionais estarão em ação maioritariamente até dia 16, sendo que Corona, pelo México, terá a partida mais tardia da paragem, já às 2h30 de dia 17, no seu país natal.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas