Sérgio Conceição: «Adeptos que cá estiveram deviam apresentar o bilhete para irem ao Jamor»

Considera que os portistas que assistiram ao jogo com o Santa Clara deviam ser recompensados

• Foto: José Gageiro/movephoto

A "qualidade" da primeira parte e o poder de luta da segunda fazem o treinador do FC Porto apreciar esta vitória da sua equipa, afastando-se da "polémica" criada pelas críticas à arbitragem do Santa Clara.

- O FC Porto da primeira parte foi a equipa que pretendia mostrar hoje e o da segunda foi o FC Porto possível para o que o relvado exigiu?

– Perfeito! Foi exatamente isso. Na primeira parte tivemos a mesma qualidade que já tínhamos apresentado no último jogo, mas na segunda deparamo-nos com um relvado praticamente impraticável. As equipas, com muito esforço, lá foram conseguindo chegar ao último terço, mas sem conseguir criar qualquer ocasião de perigo. Estou a fazer um grande esforço para me lembrar, mas não me lembro sinceramente de um remate do Santa Clara enquadrado com a nossa baliza.

– O Santa Clara queixou-se da arbitragem, sobretudo pedindo a expulsão de Zé Luís no lance em que atinge o Nené com um pontapé na cabeça e uma falta de Corona sobre Mamadu Candé na jogada que deu origem ao golo. Que opinião tem desses lances?

– Eu estive dentro, não tive ainda oportunidade de ver os lances que refere, mas acho que também há um lance com o Otávio, aos 90’, em que pode haver penálti a nosso favor. Polémica há em todos os jogos e também já tivemos razões de queixa em várias ocasiões. Acho que a nossa vitória é justíssima. Fomos a única equipa que criou verdadeiro perigo.

– Noutro contexto e noutra altura competitiva, considera que, dadas as condições do relvado, o jogo deveria ter sido adiado para outra data?

– É assim. Se o relvado, ao início do jogo, estivesse como esteve ao longo da segunda parte, sim, o jogo devia ser adiado. Ainda assim, quero reforçar a resposta fantástica da nossa equipa e de todos aqueles que fizeram parte da estratégia para este jogo.

– Com o piso na situação precária da segunda parte chegou a temer alguma lesão que pudesse comprometer o resto da temporada?

– É verdade que o relvado nestas condições é mais propício a que aconteçam lesões, havia muita água, pouca aderência e a tendência é que se começasse a jogar um futebol direto. Assim é muito mais difícil jogar, como é óbvio. Felizmente, não aconteceu nada.

– Palavra para os adeptos

– Estes adeptos que cá estiveram deviam apresentar o bilhete deste jogo para irem ao Jamor se chegarmos à final.

Por Ruben Tavares
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas