Sérgio Conceição sem renovação acertada

Treinador ainda não deu o 'sim' a Pinto da Costa

Sérgio Conceição ainda não renovou o contrato com o FC Porto. O treinador dos dragões ainda não deu o 'sim' a Pinto da Costa e o processo de renovação não sofreu qualquer desenvolvimento nos últimos dias e, sabe Record, Conceição esteve mesmo fora do Porto nos últimos três dias em que o plantel dos azuis e brancos esteve de folga.

O foco do treinador está nos objetivos desportivos da equipa e, como já fez saber, a seu tempo será avaliada a situação. 

"Pelo respeito que tenho pelos adeptos do FC Porto e pelo meu clube, há coisas mais importantes neste momento, nomeadamente o jogo de amanhã, do que a situação do Sérgio, do Manuel ou do António. Isso não é um problema. Noutros clubes fui o mesmo profissional que sou aqui, a minha continuidade ou o facto de ir embora nunca foi um problema, graças a Deus. Tenho uma vida estável e tranquila a todos os níveis, não dependo do futebol para nada. Apenas há a minha vontade de estar no futebol, que me deu tudo na vida. A única coisa que me move é essa paixão para andar aqui e muitas vezes a sofrer um bocadinho", afirmou Sérgio Conceição na conferência de imprensa prévia ao jogo com o Portimonense da última jornada.

A tempo e horas

"O Sérgio Conceição tem contrato com o FC Porto até fim da época e é minha intenção e dele também renovarmos. Ele entendeu e já o disse que nesta altura quer estar focado na Champions mas tenho a certeza que no final ou antes do final da época renovaremos o contrato. Ele é peça importante no nosso projeto, no meu projeto de há 4 anos, quando pouca gente acreditava no seu sucesso. Eu acredito cegamente e podemos fazer muito mais com Conceição", afirmou Pinto da Costa recentemente em entrevista ao Porto Canal.

Mais do que qualquer compensação financeira, a SAD sabe que a principal motivação do técnico, de 46 anos, passa por ter mais e melhores condições para desenvolver o seu trabalho. E as decisões tomadas nos últimos meses, até na última segunda-feira, vão ao encontro dessa subida de patamar, que poderá ser enfim ainda mais potenciada quando o clube deixar o acordo de fair play financeiro, como se acredita, no final desta época.

A resolução a tempo e horas de dossiês importantes para o treinador e para o próprio FC Porto é disso exemplo. Depois de algumas temporadas em que não conseguiu, por exemplo, renovar contrato com dragões tão proeminentes como Herrera ou Brahimi, a SAD prolongou o vínculo de Corona em 2019 e desde o início desta temporada já resolveu três das quatro ‘batatas quentes’: renovou com Pepe (2023), Sérgio Oliveira (2025) e Otávio (2025), todos peças-chave da estratégia de Sérgio Conceição. O último caso em aberto, possivelmente não por muito tempo, é o de Marega.

Por Vítor Pinto
13
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas