Sérgio Oliveira já tinha pedido a dissolução da imobiliária que foi alvo de buscas

Empresa nunca teve atividade pelo que não registou qualquer circulação de dinheiro

• Foto: Luís Vieira / Movephoto
Sérgio Oliveira já tinha pedido há mais de dois meses a dissolução da imobilária "Prosperavenida, Lda" e, segundo apurou Record, não se sente minimamente visado pela polémica que tem grassado desde a semana passada em torno das buscas realizadas a figuras da égide do FC Porto. 

A referida empresa foi criada no âmbito de uma oportunidade de negócio que não chegou a concretizar-se, razão pela qual nunca registou atividade.

Nesse sentido, também não foi veículo para a circulação de montantes que pudessem levantar suspeitas, devendo a recolha de documentação por parte da Autoridade Tributária comprovar essa realidade, afastando Sérgio Oliveira de qualquer suspeita que pudesse ter sido levantada.

No entanto, o facto de ter constituído a "Prosperavenida, Lda" em sociedade com Pedro Pinho, que o representava antes de ser integrado no universo Gestifute, foi ao que tudo indica o motivo que levou a que a mesma fosse alvo de buscas, em diligência que foi revelada pela Sábado ao início desta noite.

O jogador e o referido agente, este através da empresa Pesarp, entraram cada um, a 1 de abril deste ano, com uma quota de 2500 euros para o arranque dessa sociedade que não frutificou. 

No registo, consta como objeto a "intermediação na compra, venda, arrendamento ou atividades similares sobre imóveis, executadas por conta de terceiros, e compreende as atividades de angariação relacionadas com a compra, venda, arrendamento e similares, sobre bens imóveis, realizadas por entidades independentes, para a atividade de mediação imobiliária".

Tratando-se de uma situação circunscrita à esfera pessoal do médio, de 29 anos, não está de forma alguma ligada ao facto de ter renovado pelo FC Porto até 2025, dado que nessa altura a perspetiva mais forte era a de saída para o estrangeiro, o que esteve perto de acontecer tendo como destino a Fiorentina, numa operação intermediada por Jorge Mendes.
Por Vítor Pinto
45
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas