TAD bloqueia Francisco J. Marques

Diretor de comunicação continua suspenso

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) não tem demonstrado abertura para acolher os esforços de Francisco J. Marques no sentido de garantir que seja feita justiça, em tempo útil, em relação ao castigo de 60 dias de suspensão aplicado pelo CD da FPF.

O diretor de comunicação do FC Porto interpôs uma providência no sentido de garantir que a análise do recurso tivesse efeito suspensivo. Um passo jurídico que foi indeferido pelo TAD. O objetivo de Marques era o de assegurar que uma eventual decisão favorável não surgisse apenas depois de cumprido o tempo efetivo de castigo, o que acabaria por permitir apenas uma reparação moral, sem efeitos práticos.

Quanto ao recurso propriamente dito, o nosso jornal não confirmou que o mesmo tenha sido rejeitado, pelo que alegadamente se mantém a correr.

Francisco J. Marques foi sancionado por ter criticado a arbitragem do V. Setúbal-Benfica, sendo essa a razão pela qual tem estado ausente da antena do Porto Canal. O FC Porto foi mesmo ameaçado de perda de pontos em caso de incumprimento.

83
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.