Denis recorda Vítor Oliveira: «Contava uma anedota e ficava tudo bem»

Guarda-redes trabalhou com o técnico na temporada passada

• Foto: José Reis/Movephoto

Chegado a Portugal no início da temporada passada, Denis não esconde que Vítor Oliveira teve um papel muito importante naquilo que foi a sua adaptação ao futebol europeu.

"Antes de vir para cá procurei saber quem era o míster Vítor Oliveira. Deu para perceber que era o rei das subidas, mas depois percebi que era muito inteligente e que sabia levar os jogadores. Por vezes era mais duro e exigia muito, mas depois, no fim do treino, contava uma anedota e ficava tudo bem. Foi um privilégio trabalhar com uma pessoa como ele, que dizia tudo o que pensava e que me ajudou muito. Os ensinamentos vão ficar para sempre", explicou o guarda-redes no Instagram da Liga Portugal.

Denis aproveitou para eleger alguns dos treinadores com que mais gostou de trabalhar. "No Brasil tive o Muricy Ramalho e o Paulo Autuori. Aqui, para além do Vítor Oliveira, tenho gostado muoto de trabalhar com o Ricardo Soares. Já estive a oportunidade de conversar com ele sobre a coisas da vida e sei que vou ter um carinho grande", referiu, recordando ainda os anos em que trabalhou com Rogério Ceni: "Ele sempre foi muito competitivo. Nunca gostava de ficar de fora em nenhum jogo e foi um ensinamento que me passou. Fez-me ver que a carreira passa rápido e que devemos aproveitar todos os momentos para estar dentro do campo".

O guardião concluiu fazendo referência a "Kaká, Rivaldo, Luís Fabiano, Alexandro Pato, Lucas Moura e Casemiro", alguns dos jogadores com quem já trabalhou.

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas