João Caiado pronto para o salto: «Vai agarrar esta oportunidade com toda a certeza»

Médio vai trocar os sub-23 do Famalicão pelo Gil Vicente e Carlos Vaz Pinto diz que tem muito para dar

Depois de duas épocas ao serviço dos sub-23 do Famalicão, João Caiado prepara-se agora para dar o salto para a 1.ª Liga, escalão onde vai representar o Gil Vicente. O médio vai assinar com os gilistas por três temporadas e diz quem o conhece que está mais do que pronto para agarrar a oportunidade.

Carlos Vaz Pinto, que treinou Caiado precisamente nos sub-23 do Famalicão e que foi recentemente campeão no Quénia, não tem dúvidas de que o jogador tem o que é preciso para se impor em Barcelos.

"É um jogador que acho que tem potencial. Não era um jogador preparado para 1.ª Liga há dois anos, mas passou um ano e meio e por isso também está hoje mais preparado. Este salto para a 1ª Liga é revelador da evolução que teve. É uma oportunidade que vai agarrar com toda a certeza, porque sabe que estas oportunidades não surgem muitas vezes. Lutou sempre pelo que queria e vai agarrá-la", disse o técnico, a Record.

Com uma formação variada, que contou com passagens por Dínamo da Estação, Repesenses, Ac. Viseu, Benfica, Tondela, Wolverhampton e Famalicão, João Caiado tem já um currículo que, aliado às suas características, faz Carlos Vaz Pinto acreditar que esta experiência tem tudo para dar certo.

"O João teve uma formação que eu considero de nível alto, porque jogou campeonatos nacionais, teve uma expierência internacional, em Inglaterra, esteve em Portugal no Famalicão, num contexto de Liga Revelação. Apesar das diferenças entre a Liga Revelação e a Liga NOS, há outros jogadores que deram este salto com sucesso. O João, na minha opinião, é um dos jovens valores das últimas edições da Liga Revelação. É verdade que teve momentos difíceis por motivos pessoais, mas superou, revelou carácter e ultrapassou isso. Tem características interessantes e foi isso que levou o Gil Vicente a apostar nele. É evoluído tecnicamente, tem qualidade de passe, tem golo, tem boa meia distância, é agressivo e por isso acho que, num contexto estimulante para ele, vai proporcionar um crescimento maior. Acho que é um salto significativo, mas que pode transportar o João para um nível superior do seu jogo", referiu, prosseguindo com os elogios ao jogador.

"É um jogador que percebe o jogo, tem cultura tática rica, dá equilíbrio, é um jogador que tem um remate fácil e por isso também acrescenta golo e é agressivo, que num contexto mais rico pode ter a intensidade que faz com o que o seu jogo seja diferenciado. Acho que na Liga Revelação já não tinha esse estímulo em relação à intensidade do seu jogo. Precisa de um patamar superior para que possa testar as suas capacidades", concluiu.

 

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas