Ricardo Soares: «Os mais competentes atingirão os seus objetivos»

Treinador do Gil Vicente fez a antevisão do jogo com o Nacional

• Foto: Lusa

Motivado pelo triunfo da última jornada em casa do V. Guimarães, o Gil Vicente prepara-se agora para receber o Nacional. Na antevisão da partida, Ricardo Soares recusou a ideia de que o jogo assuma uma importância superior por ser um duelo entre equipas que lutam para não descer de divisão.

"Vamos entrar em campo conscientes de que é um jogo importante porque é o próximo. Queremos fazer uma boa partida, os jogadores têm uma grande vontade de ir a jogo. Queremos conquistar pontos frente a uma equipa difícil e que luta pelos mesmos objetivos que nós. Sabemos o que o Nacional pode fazer, mas o nosso foco está em nós. Preparámos este jogo como temos preparado os anteriores. Quando fomos a Guimarães disso que ia ser uma final porque estávamos numa situação que não queríamos. Sabemos que os três pontos nos transportam para o 10º/11º lugar e é para esses lugares que queremos ir. Acredito que os jogos valem todos três pontos, não vamos fugir do nosso discurso", começou por referir o técnico.

Elogiando o momento de forma de Denis e Fujimoto e assumindo que é importante criar rotinas nos jogadores em diferentes posições, falando do caso de Claude Gonçalves em específico, o técnico dos galos falou ainda das contas da manutenção: "O nosso foco está no jogo com o Nacional. Neste momento não é importante os pontos necessários para atingirmos a permanência. Quanto mais competentes formos, mais perto de vencer vamos estar. Queremos evoluir e perceber as dificuldades que os jogadores têm sentido. Só assim podemos somar os pontos necessários para os nossos objetivos".

Ricardo Soares concluiu dizendo que espera que possa haver público nas bancadas, desvalorizando o facto de Luís Godinho (VAR no jogo com o Tondela) ser o árbitro da partida e recusando a ideia de que os minhotos partam em vantagem porque o Nacional vem de cinco derrotas seguidas. "Cada dia que passo me sinto melhor treinador porque vou adquirindo mais experiência e vou conhecendo melhor a Liga. As equipas que lutam pela permanência passam por ciclos de jogos sem ganhar e, normalmente, faz-se grandes dramas acerca disso. Os treinadores têm de ter capacidade e equilíbrio para perceber que quem luta por estes objetivos está sujeito a este tipo de coisas. Quem não tiver esse equilíbrio vai passar uma mensagem de intranquilidade, as equipas que não se desviarem do seu processo vão tirar benefícios. Os mais competentes atingirão os seus obejtivos", vincou.

O  início da partida está agendado para as 20h30 desta sexta-feira.

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas