Daniel Ramos: «Incrédulo no primeiro golo»

Técnico aponta o dedo à arbitragem

• Foto: Hugo Monteiro

Tal como Nuno Manta, Daniel Ramos também reconheceu a letargia madeirense quando em superioridade numérica, mas estabeleceu outra conexão para ajudar a justificar o desaire do Marítimo.

"Nas três ocasiões em que tivemos oportunidade de colocar alguma pressão no Sp. Braga tivemos sempre equipas de arbitragem de Braga e perdemos sempre", argumentou o técnico madeirense, inconformado com o desenrolar que resultou no 1º golo do jogo: "Até virei as costas ao lance porque pensei que seria lançamento e fiquei incrédulo como é que dois árbitros assistentes com a mesma linha de visão que eu e não viram a bola fora."

Desabafos que Daniel Ramos garante "não desculparem a derrota", apesar de ter abordado o árbitro no final do jogo para "dizer-lhe pessoalmente quais foram os lances penalizadores para o Marítimo".

Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas