Daniel Ramos: «Tivemos de vestir o fato de macaco»

Treinador reconhece que o encontro no Estoril não foi fácil

• Foto: Hélder Santos

Daniel Ramos admite que o Estoril complicou de sobremaneira a atuação do Marítimo, mas mesmo assim a equipa saiu da Amoreira com um ponto. O técnico garante que os insulares vão lutar até ao fim pela melhor classificação possível.

Dificuldades
"Não fizemos uma primeira parte de encontro ao esperado. Também por mérito do Estoril, que teve uma grande iniciativa e dificultou-nos a construção. Fizeram uma boa pressão e não conseguimos ligar o jogo. Demos mais posse de bola do que queríamos."

Pontos
"Podíamos ter somado três pontos, mas recuperámos um. Isto vai ser até ao fim. Não somos uma 'super' equipa, de ter vitórias até final. Cada jogo é de grande imprevisibilidade. Perdemos dois pontos para o Vitória de Guimarães e ganhámos um ao Rio Ave. Vamos ver que acontece nos outros campos. Queremos acabar da melhor maneira."

O que faltou
"O Estoril refrescou-se, tentou explorar os corredores. A nós, faltou-nos agressividade e deixámos jogar o Estoril mais do que queríamos. Tivemos que sofrer, vestir o fato de macaco e jogar em contra-ataque. Foi um jogo difícil para ambas as equipas e já esperávamos isso."

Joel
"O Joel veio trazer ideias que equipa não tinha. Não é muito alto, mas tem um bom jogo aéreo. Liga bem o jogo, percebe-o. Foi uma excelente contratação, vejo nele um grande futuro e vai dar que falar".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.