Estreantes André Vidigal e Filipe Cardoso enaltecem "histórico" Marítimo

Clube madeirense arrancou esta segunda-feira os trabalhos de pré-época

• Foto: DR Record

Os reforços André Vidigal e o Filipe Cardoso manifestaram-se esta segunda-feira felizes por "representar um histórico" como o Marítimo, em dia de exames médicos, que marcou o arranque das suas épocas de estreia na 1.ª Liga.

Os dois jogadores portugueses pertencem ao lote das contratações anunciadas pelos 'verde rubros' e foram as vozes da formação madeirense no arranque da pré-temporada 2021/22.

"O clube histórico que é, um dos que tem mais presenças na I Liga", afirmou André Vidigal, enfatizando um fator determinante na escolha do clube insular, apontando ao sucesso coletivo e individual como objetivo para a temporada.

O atleta, que chega do Estoril Praia, assume-se como um "jogador rápido, com qualidade técnica, forte no um para um e com golo".

Na época transata ao serviço dos 'canarinhos' apontou oito golos em 39 partidas oficiais e no Marítimo espera "contribuir como os adeptos gostam, com golos e vitórias".

"Vamos pensar jogo a jogo, é isso que nos compete, mas espero que esta época seja diferente e vamos fazê-lo diferente", sublinhou André Vidigal quando questionado sobre uma possível qualificação europeia.

O sobrinho de Lito Vidigal, que treinou o Marítimo no início da temporada transata, confirmou que consultou o tio antes de ingressar na formação insular, mas também Cláudio Braga, técnico dos 'verde rubros' na época 2018/2019, que treinou o extremo, de 23 anos, no Fortuna Sittard, da Holanda.

Quanto a Filipe Cardoso, que chega do Sporting da Covilhã, da II Liga, garante ser um jogador de equipa, muito trabalhador", revelando ser "um médio defensivo, mais de recuperação de bola, de aspeto defensivo", mas que também consegue construir jogo.

"Eu vinha já a ambicionar muito chegar à I liga, vinha trabalhando nesse sentido. Quando surgiu a proposta do presidente [do Marítimo] nem sequer hesitei, foi imediata a resposta", sublinhou o médio defensivo, enfatizando o "orgulho em representar um histórico" na sua estreia na I Liga.

O atleta formado em medicina, garante que chegar à I Liga foi "um sonho concretizado" e, apesar de o ter alcançado apenas aos 27 anos, assumiu que ainda vai a tempo "de fazer uma grande carreira no patamar mais alto do futebol português".

O Marítimo já oficializou como reforços neste arranque de temporada o guarda-redes Miguel Silva (ex-APOEL), os médios Filipe Cardoso (ex-Sporting da Covilhã), Marcos Silva (ex-Recreativo de Águeda), os avançados Henrique (ex-CSKA Sófia) e André Vidigal (ex-Estoril Praia) e os defesas Matheus Costa (ex-Vizela) e Facundo Constantini (ex-São Paulo).

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.