José Gomes: «Tenho dificuldade em perceber porque é que o relvado está como está»

Treinador do Marítimo questionou estado do tapete verde do Estádio dos Barreiros, considerando ainda "justo" o empate com o Rio Ave

• Foto: Hélder Santos / ASPress

O Maritimo empatou (0-0) na receção ao Rio Ave, em jogo a contar para a 32.ª jornada da Liga NOS, um encontro em que José Gomes assume que a sua equipa não fez "um jogo brilhante" diante de um "adversário forte", deixando ainda fortes críticas ao estado da relva do Estádio dos Barreiros.

"Em termos de seriedade, concentração, a postura que entrámos em campo, o rigor, esteve lá. Não fizemos um jogo brilhante. Também jogámos com um adversário forte, apesar de termos tido mais oportunidades do que o Rio Ave, que teve, por mais tempo, o controlo do jogo, mais posse de bola e isso equilibrou o jogo", começou por dizer o técnico maritismista no final do encontro.

Resultado justo?

"O empate é justo, por aquilo que aconteceu em campo. Acho que podemos, sem perder o rigor e a organização defensiva, ter mais tempo a bola e conseguir controlar o jogo em mais momentos. Nós estivemos, em muitos momentos, muito bem em tirar o Rio Ave da sua primeira fase de construção, com a pressão dos nossos três jogadores mais avançados, e da sua zona de conforto. Outras vezes, não o conseguimos fazer, porque não era fácil e era um desgaste muito grande para os jogadores."

Exibição da equipa

"Se gosto da maneira como jogámos hoje? A minha resposta é não. Gosto do rigor e da organização defensiva, porque foi mais um jogo em que não sofremos golos e isso é importante. O caminho passa por conseguir, após a recuperação de bola, não havendo espaço para a transição, manter a bola."

Estado do relvado

"É verdade que o relvado não ajuda. Tenho dificuldade em perceber porque é que o relvado está como está. Sou funcionário do Marítimo e até pode parecer estranho falar publicamente de uma coisa que podia ser resolvida internamente. Jornada após jornada, tenho comunicado e não tem sido resolvido. Fui o primeiro a dizer, desde o dia que cheguei, que prefiro não treinar aqui e ter o relvado em condições para o jogo. Não sou especialista da relva. É um estádio lindíssimo, arejado e parece que tem todas as condições para que o relvado esteja em condições", concluiu.

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas