Xadas: «Quero ajudar o Marítimo e que seja o meu ano de afirmação»

Médio ofensivo vem singrando no onze de Velázquez no regresso à Madeira

• Foto: Filipe Farinha
Sob o comando técnico do espanhol Julio Velázquez, o médio ofensivo ganhou a titularidade na formação verde-rubra, sendo utilizado num total de cinco partidas, entre Liga Bwin e Allianz Cup. A paragem para os trabalhos da seleção, foi positiva no entender deste jogador, até porque, deu para integrar os últimos reforços.

"A motivação é sempre muito grande. O jogo vai ser com o Arouca mas pode ser outro clube qualquer da 1ª Liga. Estamos sempre preparados e estamos a trabalhar para chegarmos o mais fortes possível. Estamos motivadíssimos, estas duas semanas valeram pelo trabalho que foi feito, no sentido de enquadrarmos cada vez melhor as ideias do mister Velázquez. Também chegaram alguns reforços e estamos a integrá-los bem. Isso é o mais importante para a equipa e para o Marítimo", começou por afirmar.

Frente ao FC Porto, Xadas apontou um grande golo que valeu uma igualdade frente aos portistas. E dessa forma, acredita que este poderá ser o seu ano de afirmação: "Espero bem que sim, pois as coisas têm corrido bem. Só temos quatro pontos, mas acho que deveríamos ter mais. Houve alguma infelicidade. Quero ajudar o Marítimo a atingir os seus objetivos e que este seja o meu ano de afirmação".

A próxima partida, frente ao Arouca, vai ser disputada no Estádio da Madeira. O médio ofensivo diz-se habituado a jogar no relvado do Nacional. "Já fiz bastantes jogos lá. É uma pena não podermos jogar no nosso estádio, mas nós vamos entrar sempre para vencer, seja em casa ou fora, ou num estádio qualquer", disse o verde-rubro de 23 anos, embora reconhecendo que jogar na Choupana, "é diferente um bocadinho pela altitude, mas isso não nos abala, não mexe connosco. O clube está a tentar resolver a situação de melhor forma e vamos estar preparadíssimos para recebermos o Arouca e tentar obter a vitória"

Nesta sua segunda passagem pelos maritimistas, o futebolista que na época passada atuou nos belgas do Mouscron, revela que este regresso tem sido bem-sucedido. "Tem sido fácil. Encontrei várias pessoas que estavam na minha primeira passagem. Para mim, foi um regresso a uma casa que eu conheço bem, apesar do pouco tempo que estive na primeira vez. Estou feliz por estar na Madeira e ajudar o Marítimo", revelou.

Quanto a objetivos pessoais, Xadas foi claro: "Os objetivos passam sempre por ajudar o Marítimo, fazer o melhor que sei, jogar o meu futebol e como já disse em outras entrevistas, quero voltar a ser feliz. É por isso que regressei a uma casa que conheço bem. Quero ajudar o clube a atingir um lugar mais acima possível".
Por João Manuel Fernandes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas