João Henriques e o duelo com o V. Guimarães: «Há sempre surpresas na Taça»

Treinador do Moreirense na antevisão ao dérbi com os vimaranenses para a Taça de Portugal

• Foto: José Gageiro / Movephoto
João Henriques fez este sábado a antevisão ao encontro dérbi entre Moreirense e V. Guimarães, a contar para a Taça de Portugal, o qual considera tratar-se de uma partida "com características diferentes" do jogo entre as duas equipas para o campeonato, ganho pelos vimaranenses por 2-1, numa prova onde há sempre surpresas. 

"Máxima confiança até porque é um jogo com caraterísticas diferentes e a Taça é uma prova muito bonita e onde qualquer equipa pode vencer. Há sempre surpresas na Taça. Queremos continuar na prova. Não podemos comparar com o último jogo, não há jogos iguais, ainda para mais em provas diferentes. Queremos é ter uma sorte diferente. Não nos importamos tanto com aquilo que foi o conteúdo, queremos é uma vitória final que nos dê a passagem da eliminatória. O Vitória tem muita qualidade, sabemos quem é o adversário, mas temos muita confiança nas nossas capacidades", começou por dizer.

Presença de Derik no último dérbi...

"Para aquele jogo foi um jogador determinante para o plano de jogo. Exploramos bem essa situação, resultou. Temos sempre outras surpresas guardadas para cada um jogos jogos. Foi um caso pontual e ficamos muito satisfeitos. Sabemos o que o Derik nos pode lar como 9, falso ala ou segundo avançado."

O que torna este jogo diferente do dérbi da Taça de Portugal?

"Não há margem de erro, acaba o jogo e passamos a eliminatória ou ficamos pelo caminho. O campeonato é uma maratona, há um percurso em que é possível corrigir. Sabemos que neste caso qualquer erro, qualquer má abordagem ao jogo poderá ditar uma passagem de uma eliminatória ou ficar pelo caminho. Como é uma prova que dá a todas as equipas a oportunidade de vencer, há motivação de todos os clubes. Na Liga, sabemos que é limitativa a luta pelo título. Na Taça de Portugal, houve vários vencedores, equipas de diferentes escalões a chegar à final, esta prova é diferente de todas as outras", concluiu.
Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas