Vasco Seabra e o jogo com o Santa Clara: «Temos de entrar com tudo»

Treinador quer esquecer a derrota com o Tondela no fim de semana

Vasco Seabra sabe que o Moreirense terá um encontro difícil quarta-feira com o Santa Clara, nos Açores, mas quer que a equipa esteja ao seu melhor nível, para sair do jogo com pontos. 

É importante jogar num curto espaço de tempo depois da derrota em casa?
"Mais importante de tudo é podermos voltar a competir, aumentar os nosso níveis de exigência e intensidade e não permitirmos oportunidades em qualquer minuto que seja. O Santa Clara é um adversário difícil, uma boa equipa, bem orientada. Vamos ter de estar no nosso melhor, temos de entrar com tudo, sermos unidos e combativos para sairmos dos Açores com pontos".

Sente necessidade de gerir o plantel face ao elevado número de jogos?
"São oito jogos num curto espaço de tempo e precisamos de todos. Precisamos de fazer ajustes em função dos jogos. Mas, isso não pode abalar a intensidade que temos de apresentar em todos os jogos. Não pode fazer a mesma gestão de quando os jogos são de semana a semana".

Fábio Pacheco de fora do 11 no último jogo
"Tem a ver com o que falei. São oito jogos com uma diferença temporal muito pequena. Temos de tomar decisões porque cada jogo que vem é o mais importante. O Fábio é um jogador extraordinário, que nos ajuda muito. Foi a primeira vez que não foi titular desde que estamos cá. É uma não questão, foi gestão para aquele jogo".

O que espera do Santa Clara?
"É uma equipa que vai lutar por conseguir manter-se na luta pelos objectivos que assumiu. É uma equipa bem orientada, que tem uma forma de jogar muito própria. Vamos ter um adversário difícil de contrariar, difícil de bater, mas acreditamos em nós, no que podemos fazer. Temos de aumentar os níveis de intensidade e concentração. Temos de estar a 150 por cento das nossas capacidades para sair dos Açores com pontos".

O que correu mal nos 12 minutos do jogo com o Tondela?
"Um jogo tem um carácter de caos, tentamos diminuir isso. Temos condições de fazer melhor, de ser mais criteriosos e rigorosos para não permitirmos uma entrada como a que tivemos. Não pode voltar a acontecer, temos de ser altamente competentes e competitivos em todos os momentos em que abordarmos o jogo".

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas