A bancada amovível que o Rio Ave quer para receber o FC Porto e o caso especial do Benfica

Enquanto o financiamento para a nova estrutura não está concretizado

• Foto: DR Record

O Rio Ave deu início a um processo de licenciamento que lhe permita implementar uma bancada amovível no topo sul do seu estádio enquanto o financiamento para a construção da nova estrutura não estiver concretizado. Revelação de António Silva Campos, líder do clube, em entrevista à Rádio Onda Viva.

"Só arranco com a nova bancada depois de ter o financiamento garantido. Temos de pensar no clube e na época desportiva. Podemos começar por encher a nossa, de 5 mil lugares. Claro que é um compromisso nosso fazer a nova bancada, mas temos de compreender que não iremos comprometer o clube por causa da bancada. O que estamos a pensar fazer urgentemente, e estamos em conversações com a Liga, é colocar uma bancada amovível a sul. Temos o apoio da organização da Liga para os pareceres necessários sairem rapidamente. Será naturalmente uma solução provisória", afirmou.

Questionado sobre o timing dessa implementação, António Silva Campos admitiu ser difícil que a mesma esteja pronta a tempo de receber o FC Porto, na 4.ª jornada, mas esse é o objetivo. A reboque, o presidente do Rio Ave apontou ao caso excecional do Benfica na condição de visitante. "Não sei vamos conseguir. A bancada ptrvisória, de 1.300 lugares, dar-nos-á alguma tranquilidade, sobretudo para os jogos grandes. Claro que o Benfica é um caso diferente, se tivesse 20 mil lugares enchia 20 mil, se tivesse 30 mil enchia os 30 mil. Pela nossa experiência, a parte destinada a adeptos do FC Porto é suficiente. Para o Sporting também", disse.


Por Record
3
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas