António Silva Campos: «Neste mercado já esperámos dois jogadores no aeroporto que foram desviados...»

Presidente do Rio Ave fala de uma janela de transferências inflacionada

• Foto: Luís Vieira/Movephoto
António Silva Campos sente que a atual janela do mercado de transferências está inflacionada em comparação com as últimas temporadas e, em entrevista à Rádio Onda Viva, contou porquê. O presidente do Rio Ave abordou o defeso do clube, pese embora não tenha nomeado alvos do clube nem quais os seus jogadores que despertam mais interesse.

"Há uma grande inflação. Muitos jogadores livres a pedirem prémios e salários altos, tornando muito difícil contratar. Não quero denegrir a imagem de algumas pessoas ligadas ao futebol, mas quando o dinheiro fala mais alto… Nós, este ano, já tivemos dois jogadores que tinham voos com escala em Lisboa para vir para o Porto, esperámo-los no aeroporto com hora marcada... E acabaram por ir para outros destinos, nunca apareceram. A nível de jogadores eu tento perceber, pois entendo que uma proposta de última hora às vezes a ganhar mais três ou quatro vezes é tentador. Os agentes… Há dois tipos, há os agentes desportivos, verdadeiros, e aqueles agentes que querem fazer um negócio a pensar só neles. Isso é que é mau", referiu o líder vila condense.

Sobre os reforços que estão para chegar, Silva Campos "gostava de dar as boas notícias", mas escusou-se a fazê-lo "antes do tempo certo". "Temos jogadores referenciados, alguns com acordo feito e a caminho. Mas só depois de assinarem contrato é que posso dizer que 'este jogador é nosso'. Gostaria de dar boas notícias, mas não vou porque não devo", referiu o presidente, admitindo que, se não vender este mês os jogadores que despertam mais cobiça, em janeiro tal poderá ser inevitável: "Tivemos abordagens por dois jogadores, que acho que ficam aquém do valor, pois os clubes também tentam tirar partido da nossa vinda da 2.ª Liga. Vamos ver. Se não saírem agora em agosto penso que em janeiro podem vir a ser negociados, de forma a podermos equilibrar a nossa situação."
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas