Mário Silva: «Se tivéssemos feito um golo as coisas poderiam ter sido diferentes»

Reação do técnico do Rio Ave após a derrota (3-0) diante do Sp. Braga

O resumo do Sp. Braga-Rio Ave: os golos, os casos e os penáltis decisivos
O Rio Ave não vence há quatro jogos a contar para a Liga NOS e esta terça-feira foi derrotado na visita ao Sp. Braga, por 3-0. Após a partida, o treinador do conjunto vila-condense, Mário Silva, lamentou o resultado negativo, mas destacou que a sua equipa conseguiu ser superior em muitos momentos do jogo e que a eficácia do adversário foi letal. 

"O Sp. Braga é uma equipa forte, tem bons executantes, é uma equipa muito bem organizada defensiva e ofensivamente, [mas] na primeira parte o Rio Ave foi superior. Chegámos perto da baliza adversária, criámos algumas situações de perigo, mas não concretizámos e acabámos por sofrer um golo nos últimos minutos da primeira parte contra a corrente do jogo. Se havia alguém por cima do jogo éramos nós, mas o futebol é isto, eficácia. Sabíamos que tínhamos que estar a um nível muito bom para contrariar o adversário e depois as coisas ficaram mais difíceis", afirmou o treinador do Rio Ave, em conferência de imprensa.

Soluções para o ataque

"Não gosto muito de falar no mercado, ainda há alguns dias e muita coisa pode acontecer. O Gelson Dala tem sido a nossa aposta, porque achámos que podemos tirar proveito das suas características, ele cria espaços para ele e para outros. Hoje, a estratégia passava muito por aí. Nos outros jogos as coisas correram bem, hoje não conseguimos marcar, se tivéssemos feito um golo as coisas provavelmente poderiam ter sido diferentes. O Dala é um bom finalizador, mas isto é claramente um processo coletivo. Se conseguirmos chegar, temos que fazer [golo], seja por quem for. Preocupa-nos não fazermos golos, mas temos consciência que as coisas vão correr melhor no futuro."

Quarto jogo sem ganhar e sem marcar 

"Preocupava-me muito se não conseguíssemos criar situações de golo, tal como criámos hoje, podíamos ter feito o 2-1 e acabámos por sofrer o 3-0. Claro que nos preocupa não ganhar, a todos, mas estamos a fazer um trabalho honesto e é isso que vamos continuar a fazer, acredito que as coisas mudam e que é uma fase menos positiva."
Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas