Carlos Pinto: «Queixas não desviam o foco dos jogadores»

Técnico garante que equipa açoriana não alterará, nem um milímetro, a sua identidade

• Foto: Simão Freitas

O treinador do Santa Clara, Carlos Pinto, garante que as queixas apresentadas por Varzim, Académica e U. Madeira, relativas ao facto de o técnico não possuir o 3º nível, obrigatório para trabalhar na 2ª Liga, "não desviam o foco dos jogadores" daquilo que considera realmente importante: ganhar jogos e subir de divisão.

Por isso, afiança Pinto, a estratégia dos açorianos passa por não alterar "nem um milímetro" a sua forma de jogar, nesta fase decisiva da época. "A nossa equipa tem sido muito forte e não vamos alterar, nem um milímetro, a nossa identidade. Vamos a Penafiel com o objetivo de garantir a conquista dos 3 pontos", assegura o treinador, antes de considerar que o opositor "está a camuflar a candidatura" à subida de divisão.

A terminar, o técnico insular desvaloriza o desgaste da equipa duriense, devido ao jogo a meio da semana com o Sporting B – ganho no último segundo – e lembra que, em virtude das constantes deslocações ao continente, o Santa Clara tem "a equipa mais desgastada do campeonato".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Santa Clara

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.